segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Rascunho Park


Expectativa.

Eu sempre fico com a esperança de ver soluções geniais antes dos lançamentos.

Algumas datas das apresentações dos bólidos desta temporada.

Ferrari - 19 de fevereiro, Hass e Toro Rosso - 21 de fevereiro, Mercedes, Red Bull
e Williams - 22 de fevereiro.

Falamos outro dia que a Pirelli irá realizar no dia 25 de janeiro os testes com pneus
de chuva no Circuito de Paul Ricard.

A pista francesa foi escolhida por conta de sua logística.

Aeroporto e hotel fácil.

Além disso conta com aspersores em todo o seu traçado para simular situações com
asfalto molhado.

Apenas Red Bull, Ferrari e McLaren participarão dos testes.

Carros de 2015 deverão ser utilizados.

Vida de piloto.

Giedo van der Garde vai pelo caminho do Endurance.

Enquanto que Valtteri Bottas não parece muito certo sobre seu futuro na Fórmula 1.

Eric Boullier (McLaren) acha essencial que o ano de 2016 seja bem diferente do
que passou.

Ele está falando sobre a manutenção de seus pilotos.

Tudo isso porque a Renault está no mercado caçando um campeão mundial para suas
fileiras.

Em maio do ano passado, Sebastian Vettel foi o mestre de cerimônias do lançamento
da pedra fundamental do primeiro parque temático da Ferrari em solo europeu.

O Ferrari Land.

O local escolhido foi o resort Port Aventura nas proximidades de Barcelona.

Com uma proposta semelhante ao de Abu Dhabi, o empreendimento contará com um
hotel de primeira linha e um parque de diversões com o tema velocidade, claro.

Inauguração?

Ano que vem.


E novo regulamento para 2017?

Devagar, aquelas ideias radicais estão sendo podadas.

Adrian Newey (principal defensor das mudanças) está cada vez mais desanimado
com o cenário que está sendo formado.

A tendência é que pouco ou nada vai ser alterado.

Culpa da Pirelli que alegou dificuldade em se adaptar ao que foi proposto.

A Mercedes (que quer tudo como está para sempre) apoiou a fabricante de
pneus.

Quanto menos ameaças a hegemonia de sua unidade de força, melhor.

Olhando o caminho que está sendo adotado, o enfraquecimento do poder de decisão
da FIA / FOM nunca ficou tão evidente.

Assim Lewis Hamilton, Nico Rosberg ou qualquer um que for titular da Mercedes
são favoritos a conquistar os títulos de 2016 e o de 2017.

Lembra que comentamos outro dia sobre o ciúme que a Sauber está do relacionamento
Haas / Ferrari?

Hoje, se fosse trocar de motor, o time de Monisha passaria a usar Mercedes.

Por fim.

A Haas foi a primeira equipe a passar no crash test da FIA.

O Tordo diz que o bico do carro dos caras é curtinho.

E mais.

Ele conta que já se acostumou a encontrar os ianques circulando (e trabalhando) em
Maranello!

3 comentários:

Renato Santos disse...

Uncle Sugar kids in spaghettiland! Gostaria muito de ver a Haas surpreendendo. Tenho vários amigos com esse sobrenome, estão se sentindo os caras! Tem a Williams, que vai apresentar carro realmente novo, a Ferrari há dois anos tem um dos melhores chassis, quem aposta quantas vitórias não-Mercedes vamos ter esse ano?

Fidel Miño disse...

Acho que nao mais de cinco, espero estar errado...

Rodrigo Keke disse...

Estou bem animado com o que a Haas pode fazer nessa temporada de estréia, com um excelente piloto (Grosjean) e uma estrutura aparentemente bem montada, sem contar com o suporte técnico de Maranello.

P.S: Hey Corradi, tu praticamente confirmou as minhas suspeitas de que o Tordo na verdade é um funcionário da Ferrari :P

Abraço!
Rodrigo Keke