segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Rascunho do que está Escrito






















Nem bem os testes de Barcelona começaram e eles já se encontraram na pista!

Importante.

Todos os carros rodaram.

Lembrei dos pilotos excluídos.

Saiba que existem boatos sobre Alexander Rossi, Pastor Maldonado, Roberto
Merhi e Will Stevens na Indy.

E o primeiro dia de testes?

Houve destaques na fria pista espanhola.

Sebastian Vettel na ponta.

Lewis Hamilton que cansou de dar voltas.

Foram quase três GPs de uma só vez!

A Mercedes quer seus bólidos andando algo em torno de 700 km por dia.

E os novos carros?






















A Manor apresentou cores muito bonitas.

Com toques de nostalgia pura.

O marketing do time de Stephen Fitzpatrick está afiado.

(e não ficou na última colocação! Deixou para o remendo da Renault)

Destaque para a marca da petrolífera Pertamina trazida por Rio Haryanto.

Haryanto que ainda não levantou fundos suficientes para andar a temporada
toda.

(existem prazos para pagar cada parcela)

Mas o apoio do governo indonésio deve convencer para que apareçam
parceiros comerciais também na iniciativa privada.

Normal.

É muito dinheiro.

Alexander Rossi entregou que, em relação a sua proposta, Rio apresentou o
dobro de recursos!

Essa grana trouxe o equilíbrio financeiro necessário para as finanças do time.

Apesar disso a Manor já definiu oficialmente que Pascal Wehrlein será o piloto
número um da equipe.

A saúde financeira em dia e o apoio da Mercedes poderão ajudar no plano
principal de Fitzpatrick.

Achar um comprador e lucrar alguns milhões com a venda da Manor no final
desta temporada.

E a Haas?




















Carro limpinho.

Quase sem patrocinadores.

Achei na frente o nome do relógio chique Richard Mille e escondidinho nos retrovisores
a TelCel do mexicano Carlos Slim (Esteban Gutierrez).

Tem que ver isso aí.

A poderosa Mercedes veio para Espanha sem apresentar todas as suas novidades
aerodinâmicas.

O novo bico ("impressionante", segundo Toto Wolff) será revelado somente na
quarta-feira.

Mais?

















A malaia Petronas ainda reina absoluta na carenagem.

Pouco falada.

Porém já colocou quase um bilhão de dólares na Fórmula 1 em duas décadas
presente na categoria.

Discretamente a Petronas já desembolsou mais de trezentos milhões de dólares
somente na Mercedes nesses seis anos de parceria com as flechas de prata.

Vale lembrar que o acordo entre as duas termina nesta temporada.

Entretanto as negociações para a renovação do acordo já foram abertas.

A vez da  Scuderia Italiana.























A seta indica a presença da Marlboro.

Quem paga define a pintura.

Além do patrocínio, a Philip Morris (dona da marca) é quem banca os salários
de Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen.

Trato feito ainda sob o comando de Enzo Ferrari.

Depois de anos de tentativas, foi a única forma da Marlboro conseguir estampar
seu nome no carro vermelho.

O Commandatore não via com bons olhos a indústria do tabaco.

Só mais uma nota.

Marc Gené será o piloto reserva da Scuderia em 2016.

McLaren.

Que coisa!
























Desde o final de 2015 havia a ideia do carro vir vermelho e branco.

Cores da Honda.

E de lendas.

Para que Ron Dennis pudesse ceder, em troca a Honda permitiria  aumentar
a visibilidade dos outros patrocinadores na carenagem.

Nada feito.

Ron aderiu ao outro lado da força e apresentou essa versão Lego.

Os japoneses então o fizeram engolir um piloto.

Assim o campeão da F3 Japonesa, Nobuharu Matsushita se tornou o reserva
caso Fernando Alonso ou Jenson Button tenham algum problema.

Alguns entenderam o movimento como o primeiro indício de que a Honda se
prepara para ter uma segunda equipe em 2017.

Com o novo sistema de pontuação pra superlicença entrando em vigor no ano
que vem, esses alocações de pilotos passaram a ganhar importância significativa.

Por fim.

A Williams.

Nada sobre o carro.

A notícia é que Frank está envolvido num empreendimento imobiliário.

E, o mais legal, ao lado da fábrica de Grove!

Numa área que foi desmembrada, serão construídas 160 casas que formarão
um condomínio.

Um sonho pra muitos fãs da Fórmula 1!

Veio em boa hora.

A captação dos recursos será importante para completar o orçamento de 2016
da equipe britânica.


19 comentários:

Ricardo disse...

Só compro se houver um portão de acesso à fábrica.

David Félix Krapp disse...

Nossa, é assustador a pequena quantidade de anunciantes nos carros...

E a McLaren e a Haas com as pinturas mais genéricas possíveis... ao menos não é aquela coisa horrivelmente deprimente que a McLaren fez ano passado...

Rafael Vieira disse...

Como não tenho nada a comentar sobrer os testes e carros feios, fica a pergunta, pq o terreno do condomínio foi fatiado daquele jeito? Não entendi.

Sacco disse...

"Com toques de nostalgia pura". Homenagem à Onix, do Johansson? kkkkk

Marco disse...

Carros de F1 todos iguais. Metade deles pretos e cinzentos. Enfim. Tiro mais uma vez o chapéu a Frank Williams, não pára!

Anônimo disse...

Manor é uma cópia fiel da Spirit Honda de 1983.

A Haas parece a Hispania de 2011.

E a Ferrari lembra a Ferrari F93A de 1993.

Arthur Simões

Marcos José disse...

Estou achando que a Diageo comprará mesmo a Manor (e a sua parceira Aston Martin irá junto) e deixará a Force India provavelmente para a Alfa Romeo (Ferrari) ou para o grupo americano liderado por Tavo Hellmund!! Você falou que a Honda já pensa em ter a sua segunda equipe na F1...a "briga" estaria entre Sauber, Toro Rosso e...Force India (Force India!? sim porque não?)! Será que o tal investimento (que daria uma boa renumeração financeira), que surgiria ao longo do ano de 2015 para a Williams, teria a ver com este "condomínio"?? Cadê os patrocinadores americanos da Haas no VF16 (muito estranho está quebra da asa dianteira, você não acha?)?? McLaren sem graves problemas com a "UP" da Honda (parece que aprenderam), Mercedes andando muito (lembra-se que ela fez o mesmo no ano passado) e a Ferrari dando um "jeitinho" de seu patrocinador "banido" aparecer (a "faixa branca" é uma maneira que eles encontraram para "burlar" a lei anti-tabagista européia, para fazerem propaganda "subliminar" da Marlboro nas competições).

Eduardo Moreno disse...

Grande decepção pelas cores apresentadas pela Haas. Logo ela, que em meados do ano passado aventava a possibilidade de se apresentar de amarelo. Tudo bem, a chegada da Renault deve ter abafado a intenção (ou blefe?), mas não faltam marcas com cores bem mais interessantes na terra do Tio Sam. Tomara que seja apenas a roupagem dos treinos. Pelo menos a programação visual é um pouco diferente. E espero que a Renault se apresente em amarelão mesmo. Reflexos dessa era que, o máximo que dá pra esperar de diferente nas pistas são cores.

Humberto Corradi disse...

Eduardo Moreno

A Renault estará bem mais amarela na Austrália.

Valeu

Humberto Corradi disse...

Rafael Vieira

Talvez tenha a ver com o acesso, relevo ou limites da propriedade.

Valeu

Humberto Corradi disse...

Sacco

Gulf...

Valeu

Humberto Corradi disse...

Marcos José

A conversa da Diageo assumir a Force India seria por conta de dívidas de empresas de Vijay Mallya com a fabricante de bebidas.

Acho bastante improvável que a Diageo se mova em direção a outra escuderia no sentido de comprá-la. Pelo menos nada indica isso.

Valeu

Jeferson Araujo Pereira disse...

Pastor Maldonado na Indy: se acontecer, estou prevendo uma média de 10 a 12 acidentes em 2016.E quem contratá-lo é, no mínimo, maluco.

Haas: gostei muito do visual, da combinação de cores.

Marcos José disse...

Sim eu sei Corradi...mas você não acha estranho que até agora a Diageo (por causa destas dívidas) não anunciou a "compra" da Force India por causa disso?? Mesmo que Vijjay Mallia diga que não há "negócio"...a Diageo já teria que "assumir" a equipe (se eu não estiver errado, Mallia já recebeu o dinheiro da compra da sua empresa de cerveja pela Diageo e por enquanto ele não passou o controle da cervejaria para o nome da Diageo...daí a "briga" para assumir a Force India neste momento) já que o maior acionista da equipe (Sugrata Roy) está preso e já foi "falado" que Sugrata venderia as suas ações na Force India para pagar as suas dívidas que o levaram a ser preso pela justiça indiana. Com a idéia de transformar a Manor na Equipe-B da Mercedes (já que Stephen Fitzpatrick a venderá ao final do ano pelos últimos rumores ouvidos na "rádio paddock") e tendo uma equipe técnica boa contratada para este ano; eu arriscaria em dizer que a Diageo poderá olhar pra Manor e ver que o "negócio" não seria tão ruim assim (com a compra a Manor se transformaria na Diageo-Aston Martin já pra 2017) já que com a Force India ela (a Diageo) poderá ter muitos "prejuízos escondidos" por Mallia (pelo seu "histórico" de administrar as suas empresas) para assumir a equipe.

Fabrizio Salina disse...

Achei Toro Rosso o mais bonito, harmonioso em suas linhas. A Ferrari também ficou bem, Williams tem sua pitura clássica, que ajuda. Concordo com os amigos que observaram que está tudo preto demais! McLaren preta é algo que não cola em nosso inconsciente coletivo de trintões... que fosse laranja mesmo.

Alex Couri disse...



Marlboro na Ferrari? onde tu viu isso?? A unica coisa que tô vendo são carros medonhos de feios, layouts que até no AV (automobilismo virtual) fazem melhor e gatos pingados de patrocínios.. essa "glamurosa" F-1 que não abra o olho para ver onde vai parar...

A noticia mais legal seria o Pastor na Indy!! A fome com a vontade de comer...hehe

Humberto Corradi disse...

Alex Couri

Aqui:

http://f1corradi.blogspot.com.br/2013/04/fumaca.html

Valeu

Humberto Corradi disse...

Marcos José

A Diageo ainda não assumiu a Force India por conta da justiça. Há muitos cobrando Vijay Mallia e a Diageo é mais um.

A diferença é que a empresa de bebidas que vincular sua dívida a um ativo específico (no caso a Force India.

E não há qualquer possibilidade de haver outra aquisição de equipe pela Diageo que não seja a Force India. Isso não existe.

Valeu

Alex Couri disse...


Putz, mas essa propaganda da Marlboro na Ferrari é uma mensagem muitoo subliminar.. nem de longe deve atingir o grande público...

Se tiver novas noticias sobre o Pastor na Indy traz pra nós!! valeuu