domingo, 17 de abril de 2016

Rascunho Sonolento



















Uma ausência.

Toto Wolff destacou o amadurecimento de Lewis Hamilton após os problemas
enfrentados na China.

Antes da prova.

Enquanto que Sebastiian Vettel parecia inconformado com o incidente de largada
entre ele e Raikkonen.

Culpando Kvyat.

Certo ou errado?

Prefiro os inconformados.

Espero que Lewis esteja com raiva por dentro e tente mudar o cenário atual.

Se ficar aceitando a situação, Nico Rosberg vai atropelar o atual campeão.

Em tempo.

Nunca um piloto que venceu as três primeiras provas do campeonato deixou
de ganhar o título do mundial de pilotos.

Nunca.

A Scuderia italiana teve duas frustrações na China.

Perdeu a primeira fila e não colocou seus dois pilotos no pódio.

Outra do Wolff.

"Ricciardo é forte e o carro da Red Bull é bom."

Lembra que alguém falou sobre as dificuldades da Mercedes em ultrapassar?

Dica.

Não leve seus amigos para a Sauber.

O ambiente não está bom.

Nasr acusou o time de favorecer Ericsson.

E o Sueco respondeu que está mais forte nesta temporada.

Concordo.

Pelo menos na parte de trabalhar para trazer mais dinheiro para o time suíço.

Foi boa a performance de Felipe Massa.

Boa, OK?

Por fim.

Depois de ficar aquém do orçamento desejado, a Williams repensa seus
planos.

O time de Grove olha para a próxima temporada querendo contar com
um nome experiente e de peso.

Algo como Jenson Button ou Kimi Raikkonen.

E um segundo piloto que traga recursos.

Sim.

Felipe Nasr se encaixaria no perfil.








15 comentários:

Leandro Fontes disse...

Eu estou preocupado com o Nars, a continuar este desempenho, dificilmente vai conseguir continuar na F1 em 2017...

Pedro Teixeira disse...

Peraí...HAK ou BUT e mais um pagante na Williams? Então vai ter um Bottas fora?

Anônimo disse...

Ao Leandro Fontes:
Sem preocupações, amigo!
Ele é apenas mais um dos muitos pagantes que já estiveram na F1, simples assim!
Vai durar o tempo que durar a grana do BB, depois vaza!
E olha que esse ano já está levando pau do Ericsson, que não é essa Brastemp não!
Abraço.
Zé Maria

Daniel Chagas disse...

Tomara que a Williams siga esse caminho na escolha dos pilotos (passou da hora). Mas que não coloque um Zé mané no outro carro. Que traga dinheiro mas traga talento também. E Falando de Hamilton, que estratégia louca que fizeram com ele. Se continuar assim vamos ter um novo campeão em 2016, chegou a hora de reagir.

Anônimo disse...

Certo ou errado?
Postei esse comentário em outro blog mas repito aqui...

Não vou me lembrar de todos os detalhes, mas...

No pós-corrida, o narrador/comentarista da Sky Sports F1, David Croft, com o regulamento desportivo em mãos, informou que em situações de bandeira amarela e/ou safety car, há 3 pontos no circuito onde uma ultrapassagem é permitida: na entrada do pit lane, na saída do pit lane e num outro lugar (me esqueci!).

Logo, a ultrapassagem de Vettel sobre a Toro Roso e Hulkenberg na entrada do pit lane não era passível de punição. A "lentidão" de Hulkenbeerg, sim.

O irônico na tal ultrapassagem é que: Vettel viu um espaço aberto deixado por 2 carros à sua frente e entrou com tudo nesse espaço - como um torpedo? - e fez as ultrapassagens. Foi o mesmo que Kvyat fez na primeira curva da corrida... e Vettel reclamou demais do russo!

E mais, a primeira curva é bem larga, com bastante área de escape. A entrada do pit lane é bem estreita, sem área de escape, cercada de guard-rails... mesmo com uma velocidade bem menor, uma colisão ali bloquearia a entrada do pit lane, o que não aconteceu com a pista na primeira curva (foram várias colisões e a pista não ficou bloqueada).

Vettel errou na largada, quase acabou com a corrida da Ferrari, e quis por a culpa no russo. Aliás uma bela corrida de Kvyat. Tanto na pista quanto na salinha pré-pódio...


um abraço,
Renato Breder

Marcos José disse...

Kvyat não fez nada, ultrapassou por dentro limpo...talvez Vettel se "assustou" pela manobra do piloto russo e não percebeu o Raikkonen a sua esquerda no momento do choque entre eles. Me parece que a Williams tem um problema crônico de desgaste de seus pneus (talvez uma angulação errada da geometria da suspensão traseira, provavelmente), percebe-se que no ano passado este problema não era tão crônico como agora. Em relação aos pilotos da Williams pra 2017, minha opinião: só chega "medalhão" (Raikkonen, Button ou Alonso) na equipe se ele trazer muito dinheiro, fora isto sem chance; acredito que a equipe mantenha um dos seus pilotos atuais (acredito que o Massa tem uma grande chance de permanecer) e promova no outro carro talvez o Lance Stroll ou até mesmo o Pascal Wehrlein (Wehrlein e Stroll pra 2017, talvez). Felipe Nasr talvez fique na futura equipe "Alfa Romeo" (claro se a compra da Sauber for mesma concretizada pela FCA no futuro) se mostrar serviço e não agora criar uma "teoria da conspiração" dentro da equipe para justificar a queda de rendimento de seu carro. Ainda é muito cedo para já apostar no titulo do Rosberg...já vi piloto perder um título já dado como ganho por todos e ao final do ano jogá-lo no lixo por "brigas internas" dentro da equipe; vamos por enquanto aguardar pra vermos se realmente o título dele (Rosberg) se concretizará.

Anônimo disse...

Williams acertando a mão no tempo de pit stop do Massa.

Será que consegue acertar o carro para não perder desempenho nas voltas finais?


Roberto de Carvalho

Arthur disse...

Verdade.

Óscar Alho disse...

eh pa
mas sera o Nars assim tao melhor qe o ericsson??
sinceramente ha um ano diria que sim, hoje nao
o sueco durante a ultima metade da epoca passada mostrou senhor, deixou o brasileiro para tras
o brasileiro esta sempre a queixar, mas duviddo que tenha razao, nao é ele que tras mais dinheiro??tem a maior publicidade pelo menos
estao a fazer do nars bom piloto quando nao o é
atençao que o sueco era uma nodoa antes, e agora das duas uma
ou nars é tao fraco que ate a nodoa do sueco consegue ser melhor
ou o sueco evolui tanto qe ja esta a um nivel de um Nars e este ditmo de evoluiçao vai ser o novo shmacher

Eduardo Sacramento disse...

Os problemas estão acontecendo com o Hamilton. Há tempo para reagir, mas o Rosberg está com a confiança lá em cima. A Ferrari precisa se acertar e a Red Bull/Renault está kd vez mais próxima dos primeiros colocados.

O desempenho de largada das Mercedes tem sido sempre tão ruim que dá emoção no início das corridas. Isso ainda vai gerar problemas para eles. Mesmo que o Hamilton tenha tido avarias no carro e, por isso, parou atrás do Massa, é notório o que Corradi vem dizendo aqui: o carro foi feito para andar de cara pro vento.

"O time de Grove olha para a próxima temporada querendo contar com
um nome experiente e de peso"
.
Eles já fazem isso atualmente. Seu piloto é Felipe Massa. Mostra o quanto não estão satisfeitos com seu desempenho. Ou entendem a limitação do bom (concordo com o adjetivo) brasileiro. E o Bottas?

A temporada é longa, mas o Nasr tem se queimado. No treino classificatório o Ericsson colocou 2 segundos em cima. Com ctz o sueco é o piloto número 1. Só que a diferença está tão grande de desempenho do carro que o brasileiro não tem chance de fazer qualquer brilhareco. Vai ter que fazer seu dinheiro brilhar mais do que nunca, pq parece estar com o pior chassi do grid.

Anônimo disse...

Boas notícias sobre Nasr, esse cara não é só pagante não, tem talento ali, vamos aguardar

Glaucio

David Félix Krapp disse...

Vettel que me perdoe mas o Kvyat não fez nada de errado...

Rosberg disparado é surpreendente, porém, o fato de um piloto que venceu as 3 primeiras nunca ter perdido o título, bem Corradi, pra tudo tem uma primeira vez... rsrsrsrs

E o pessoal falando do Nasr... pachequismos a parte, eu acho realmente incrível a capacidade dos brasileiros de denegrir os nossos talentos na primeira oportunidade que aparece... não digo que Nasr é o próximo "Senna", "Schumacher" ou "Fangio"... mas o cara deu um banho no Ericsson na temporada passada e claramente tem um equipamento inferior ao do Ericsson, mas na hora de criticar as pessoas convenientemente se "esquecem" que isso existe na F1, que dinheiro manda mais que talento e aí ao invés de ser compreensivas, ao menos de início, não, preferem já encher as mãos de pedras e gritar... não falei... por favor gente... vamos ver os resultados do cara no ano passado por favor ? Ele somou 27 pontos contra 9 do Ericsson... chegou 11 vezes a frente do Ericsson que chegou apenas 6 vezes na frente do Nasr... por favor, vamos ser mais coerentes...

E que azar do Ricciardo hein... se aquele pneu não furasse ele vencia a corrida...

Társio disse...

Que ótima corrida, ein? Aliás todas as 3 foram boas, embora o Nico Rosberg tenha vencido com facilidade.

Eu fiquei por demais impressionado com a Red Bull. Não sou lá grande fã do time, mas a largada do Riccardo foi inacreditável! Sobrou, e foi uma pena o pneu furado. E mais tarde ultrapassou Lewis e Massa com a maior facilidade, com um desempenho impressionante nas curvas (parecia Audi X Porsche, no WEC). Ontem me deu a impressão que o Red Bull é o melhor carro da temporada, e no momento em que a Renault/TAG trouxer uma atualização no motor que entregue mais potência, não vai ter para ninguem, nem mesmo os Mercedões... Mais uma vez, Adrian Newey é um monstro!

E talvez por isso o Rosberg esteja fazendo a lição de casa para ser campeão. Está acumulando pontos aproveitando as trapalhadas do Hamilton enquanto pode, pois desconfio que esta temporada não será apenas Mercedes X Mercedes.

E a Ferrari... 3ª corrida seguida na qual o time apresenta problemas (falha no motor de Kimi na primeira etapa, na de Vettel na segunda etapa e um batendo contra o outro na China). Vettel e Kimi fizeram belas corridas, mas por toda a reestruturação e investimentos realizados, é bom que os resultados começem a aparecer logo...

Abç
Tarsio

Felipe disse...

Williams já tem um nome para ocupar a vaga de piloto experiente: Felipe Massa. Trazer Button seria trocar 6 por meia dúzia. E Raikkonen tem um salário alto. Fora de cogitação. Mas seria muito interessante ver uma dupla de Felipes na Williams. Bottas parece estar retrocedendo e também já não parece ter o peso de ouro que muitos já lhe atribuíram.

Interessante como os motores da Red Bull parecem ter evoluído. Illen está fazendo um trabalho monstro com os "TagHeuer".

Jefferson disse...

Realmente voce nao nos deixa esquecer da sua preferência. Rssss.
Pergunta: Caso fosse o Perez, por exemplo, que tivesse atingido "il prediletto" ele deveria ser punido????????????
Veja bem, eu perguntei se deveria, porque tenho certeza que seria!