sexta-feira, 3 de junho de 2016

Pequenas Passagens




























Imagens dos pilotos finlandeses contemporâneos Mika Hakkinen e Mika Salo.

A Ferrari sempre buscou os vencedores para compor seu time de pilotos.

Principalmente após a Era Schumacher.

A exceção foi Felipe Massa.

Mais por conta do sobrenome Todt de seu empresário do que pelos méritos do
brasileiro.

Porém ainda quando Michael reinava absoluto houve duas tentativas de se montar
uma linha de primeira na Scuderia Italiana.

Na primeira, Luca di Montezemolo abriu tratativas com Mika Hakkinen para que
ele deixasse a McLaren e dividisse Maranello com o Barão Vermelho.

Mas a oposição a ideia era forte na casa italiana.

Jean Todt e Schumacher vetaram terminantemente a possibilidade de se ter "dois
galos de briga" no mesmo ambiente.

(os mitos vão caindo, não?)

Interessante que Mika Salo chegou lá.

Por vias tortuosas e por pouco tempo, claro.

Na segunda vez (curiosamente), Montezemolo buscou novamente um piloto finlandês
para ocupar o segundo cockpit ao lado de Michael Schumacher.

Dois galos de briga...

O veto se repetiu.

Dessa vez com um ultimato do alemão.

"Ou ele ou eu!"

(apesar de o próprio Michael ter induzido Montezemolo ao dizer que Kimi era melhor
que Fernando Alonso para ser seu sucessor)

Luca não hesitou.

Assim Raikkonen assumiu o volante do carro vermelho.

E Michael se despediu.














3 comentários:

Renato Santos disse...

Isso não é um post, é uma obra de arquitetura.

Fidel Miño disse...

Excelente Corradi, grandes fotos, boa historia

Anônimo disse...

Não sou fã dele...porém é mito em vida...mesmo que vegetativa,deixa o Cara' partir em paz....que belo caminho trilhou Schumacher!

FerCarSystem