segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Malásia - 2017

























Sim, existe o medo.

E Max Verstappen usa isso em seu favor.

Lewis Hamilton e Sebastian Vettel têm tudo a perder.

Assim o piloto holandês não hesita em disputar posições.

Se quiser bater, o problema é dos outros.

Nas primeiras corridas da temporada avisei sobre os intrépidos.

Fato é que a Red Bull achou um caminho de desenvolvimento.

A Ferrari está liderando a corrida armamentista.

O bólido da Scuderia Italiana é imbatível.

Hoje, OK?

Está tropeçando em seus próprios pneus.

Se parar com os erros, poderemos ter um final de campeonato mais apertado.

Sim.

A Mercedes segue favorita com Lewis e seus 34 pontos de vantagem.

Entretanto o W08 causa preocupação.

Está claro que a máquina prateada só funciona 100% em certas condições.

Asfalto menos abrasivo, temperaturas mais baixas e quando há menos exigência
de downforce.

Explicando.

As pistas com maior rugosidade e que exigem que se ande na trilha favorecem de
forma impressionante a Red Bull e a Ferrari.

A Mercedes escorrega direto.

O que causa um pior aproveitamento dos pneus.

Temperaturas de asfalto mais altas fazem as Flechas de Prata sobreaquecerem
as borrachas da Pirelli.

(recorde que a chuva em Singapura fez Hamilton ressuscitar)

A exigência de downforce trava o W08 e o coloca em maus lençóis contra suas
adversárias diretas.

Pra piorar, o pacote aerodinâmico que o time trouxe para a Malásia foi uma lástima.

Hamilton ficou até as duas da manhã de sábado com seus engenheiros restaurando
a configuração antiga.

Valtteri Bottas teve que se virar com as novidades mesmo.

Fora que Lewis por ser mais rápido que seu companheiro quase sempre consegue
um desempenho melhor em meio aos problemas.

A Mercedes está perdendo a guerra das atualizações.

O que pode indicar que o W08 chegou ao seu limite.

Na prova, tivemos um Daniel Ricciardo bem agressivo contra Bottas no início.

Depois se apagou.

Sebastian Vettel veio da última posição escalando o pelotão.

Um a um seus adversários iam sendo ultrapassados.

Quer saber um segredo?

Gina estava com o mínimo de combustível possível.

Quando chegou na Red Bull de Ricciardo teve que levantar o pé.

Teve que diminuir o consumo para poder completar a prova.

Nunca houve chance real de pódio.

O acidente com Stroll após a corrida foi esquisito.

A caixa de câmbio está ilesa (segundo foi verificado em Maranello) e vai
para o Japão.

O teste final será no primeiro treino livre de Suzuka.

O resto.

Sergio Perez foi o primeiro da outra divisão com a Force India.

Stoffel Vandoorne foi favorecido com as doidices da Williams.

Stroll e Massa ficaram em oitvo e nono respectivamente por ordem da equipe.

E Esteban Ocon fechou a turma dos pontos.

O estreante Pierre Gasly sumiu depois de boa classificação.

E aquele bueiro que quase matou Romain Grosjean na sexta-feira?

Fernando Alonso?

Merece um post.

(breve)

Por fim.

Espionagem.

Sinal de receio.











11 comentários:

Danilo Silva disse...

Ah se fosse um Perez da vida que pegasse carona... largaria em Fuji na próxima prova. Fiarrari ponta firme.

Vinicius Fluminense disse...

Eu já acho que assim que os pneus do Hamilton entraram na temperatura ideal, em nenhum momento ele tentou atacar o Verstappen, pelo contrário, só administrou a corrida. Se as RBRs estavam tão superiores assim, por que o Riccardo não chegou no Hamilton? Diferentemente do Vettel, o Hamilton aprendeu há muito a pensar no campeonato e não na prova em si. E caso tentasse ultrapassar, era capaz do menino bate-bate jogar ele pra fora. Agora o Verstappen dizer aquilo na entrevista: " Eu só controlei ele, a medida que ele (Hamilton) era rápido, eu também era.", é pra rir né!!!!

Társio disse...

Meus pitacos:

Que coisa linda a Red Bull ter se encontrado <3. Tardiamente, assim como em 2016. Verstappen hoje é imbativel nas classificações perante a Ricciardo, porém após uma temporada péssima (excesso de DNF's) essa vitória fará bem para restaurar sua confiança.

Já a Mercedes tem um carro peculiar nas maos. O Livio Oricchio destrinchou um pouco o assunto no link abaixo. Precisa reagir em Suzuka para afastar esta insegurança.

https://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/livio-oricchio/noticia/as-explicacoes-de-hamilton-pela-falta-de-velocidade-da-mercedes-e-de-vettel-pela-de-confiabilidade.ghtml

Sobre a Ferrari, me lembro do post do Corradi sobre Vettel e a Ferrari não terem mais nada a perder após Singapura. E isso pode ser bom, ou ruim... A Ferrari arriscou demais ao tentar economizar motor, percebeu isso antes da classificação e como trocaram muito em cima da hora ocorreu uma falha.

Esta é a 3a falha em 4 corridas após as férias de verão (lembrando que não encontraram o setup em Monza, duplo DNF em Singapura e agora as falhas nos motores do Vettel e Kimi em Sepang). A Ferrari tem o melhor carro desta segunda metade do campeonato, sem nenhuma vitória e poucos pontos.

E de quebra Vettel nunca pode contar com Kimi para roubar pontos de Hamilton...

Vettel teria vencido facilmente em Sepang. O onboard da 1ª volta da corrida é fabuloso. O conjunto carro + piloto sobravam no grid, tipo videogame. Torço para que a info do Corradi se concretize e que a batida com o Stroll não prejudique ainda mais a sua temporada com uma punição extra.

Falando em punição, Vettel também terá sorte se não for punido por pegar carona na Sauber (proibido) e não deixar o volante no carro após a batida (também proibido) porém era necessário esconder o configuração do volante...

Vale ressaltar também a inteligencia do Ricciardo enquanto caçado pelo Vettel ao sempre colocar 1 retardatário entre eles num trecho de dificil ultrapassagem. Assim Vettel acabou com os pneus e não conseguiu ultrapassar. Coisa de piloto de endurance isso rs.

Vale ressaltar também Palmer rodando 2x numa mesma volta. Esse se supera!

E por ultimo um Hamilton cerebral (e tem quem ainda diga que ele é emocional, instável) lembrou como Rosberg foi campeao na temporada passada...

Abç
Tarsio

Gabriel Pereira disse...

A Mercedes realmente começa a demonstrar algumas limitações e é bom ficarmos de olho.
Imaginem como estaria a briga se o Vettel não faz aquela besteira em Cingapura.
Vamos aguardar.
Teoricamente esse carro prateado deverá sobrar em suzuka(curvas de alta similar a Silverstone) e no México com aquela reta gigantesca.
Do contrário...o Toto Wolf vai socar mesas até Abu Dhabi
A ver..

Marques disse...

Quando falavam a mesma coisa do carro da Mercedes depois de Monaco, eles voltaram e dominaram as 4 provas seguintes...
A Ferrari tem um carro melhor, está claro, mas não descartaria os alemães voltando à competitividade.
Hamilton com o terceiro melhor carro do fim de semana fez a pole e chegou em segundo, está pilotando absurdos esse ano.

Fidel Miño disse...

A corrida do Vettel foi foda, mais tem que aprender a afastarse da negatividade. Cuando entra en modo "chorão", quase sempre comete um erro, como no ano passado.

André Gustavo disse...

"Gina estava com o mínimo de combustível possível."
Tá explicado. Vettel bateu no Stroll com receio de não conseguir voltar pros boxes e ser punido.

E o Alonso, hein? Atrapalhou Vettel 2x; na disputa, quando tinha um carro inferior; e quando retardatário. Comportamento mesquinho do español.

Fernando Rocha disse...

A Ferrari tem o melhor carro do pós férias e tomou 40segundos em Monza.
rsrsrsrs

Daniel Chagas disse...

Mesmo Lewis tendo 34 pontos de vantagem ainda creio em um final de campeonato apertado. Penso assim pois Ferrari e Red Bull têm melhores carros do que a Mercedes e o inglês terá que tirar a diferença neste final de temporada no braço, literalmente. É uma temporada baseada no jogo de xadrez e a inteligência será fundamental nesta reta final. E Lewis está sendo...

Charles disse...

Corradi, não adianta ter o carro mais rápido se ele não tem confiabilidade, eu disse lá atrás e volto a dizer, a Mercedes será Campeã, Lewis será campeão, e outra: é um castigo para a Ferrari que plana o que colhe ao privilegiar descaradamente um piloto em detrimento do outro desde a primeira corrida, fazendo manobras para o "n° 2" sair da frente chamando-o para o box, etc, assim, você mina psicologicamente o outro piloto e num momento como esse, em que seu preferido tem azar, o outro já está fora da disputa, bem Feito Ferrari, essa Gina só serve para estampar embalagem de palitos de dente.

Fabrizio Salina disse...

Só sei que aquela batida em Cingapura decidiu tudo.

Daqui para frente, a Ferrari pode ter o melhor carro, mas Vettel só entra no páreo com zerola de Luis Hamilton.