quarta-feira, 24 de maio de 2017

Williams na Indy

























Imagens da tentativa de transformar um projeto da Fórmula 1 num vencedor nas
pistas dos Estados Unidos.

Foi o visionário Bobby Hillin quem comprou os planos do Williams FW07 e o
adaptou para as regras da Indy.

Sendo que o próprio Patrick Head supervisionou a construção.

O resultado foi o Longhorn Cosworth pilotado por Al Unser nas 500 milhas de 
Indianápolis de 1981.

Nenhum resultado marcante.

OK.

Mas vale a história pela interação entre as duas categorias tão distantes nos nossos
dias.

Compare.
























O fim do Longhorn?

Parece que foi adaptado para a Can-Am e um tempo atrás apareceu sendo
vendido em um site por aí.

Merecia estar num museu, não?

7 comentários:

Al Unser Jr. disse...

Uma pena que a F1 ficou essa coisa "tão frutinha" e a Indy tão pré-historica!

Anônimo disse...

A ficha "completa" do Longhorn na Can-Am e CAT

==>> http://www.racingsportscars.com/make/archive/Longhorn.html

A Can-Am já não era 'aquela' Can-Am e a CAT foi uma tentativa derradeira de continuidade da categoria...


um abraço,
Renato Breder

Anônimo disse...

Fala sério, Corradi!!
Só mesmo você para nos presentear com essas imagens/ histórias inusitadas do universo da velocidade!
#bomdemaispassearporaqui!!
Abs.
Zé Maria

Thiago Medeiros disse...

Que carro lindo!

Juanh disse...

Recuerdo esos años, que lindo hubiera sido ver los F1 corriendo junto a los Indy!
Abrazo!

Társio disse...

que carro lindo <3 pqp

Tohmé disse...

A Ligier JS 21 também fez incursões na indy