terça-feira, 11 de março de 2014

Rascunho Regular









































Vai arrumando aí...

E já estamos nos dias do GP da Austrália.

Passou voando!

Depois de futucar aqui e ali não me restam dúvidas que o carro da Ferrari
é o mais inovador de todos.

Muitas soluções interessantes (e que funcionam) com materiais que mostram
que existem outros caminhos para o futuro da Fórmula 1.

Claro que como todo projeto desse tipo o começo tem a tendência de trazer
muitas dificuldades.

Por isso se entende a cautela (o bólido não foi levado ao seu limite) nos testes.

Se tudo der certo, pode saber, o restante da turma terá que correr atrás.

Pois é muita novidade.

Diria que o risco de uma nova Era de domínio da Scuderia Italiana é bem
concreto.

Com tantos rumores de guerra, fica difícil prever a situação de Sochi.

Por enquanto a corrida está garantida.

Pelas entrevistas que tem dado, Lewis Hamilton não espera nada menos que o
título em 2014.

Ele sabe que possui um foguete nas mãos.

Só que toda essa expectativa do piloto pode se voltar contra ele.

Explico.

Hamilton espera um domínio absoluto.

É aí que eu acho que está o problema.

Penso que algumas dificuldades iniciais dizimariam outra vez sua frágil vontade
de vencer.

Se a Mercedes estiver realmente tão superior em relação as suas adversárias,
a regularidade de Nico Rosberg poderá render surpresas.

As notícias envolvendo a PDVSA não são boas para a Lotus.

Desse jeito o patrocínio da empresa não terá vida longa no carro negro.

Tudo parece depender da estabilidade política na Venezuela.

O time de Estone aguarda.

De provável acionista (comprando um pedaço) da Lotus, a PDVSA se
tornou uma incerteza para o futuro.

A Renault (numa briga quase aberta com a Red Bull) oficialmente admite que
apenas na quinta etapa seu motor estará realmente competitivo.

Sabe qual é a quinta etapa?

O GP de Barcelona.

O Blog avisou, não?

10 comentários:

Renato Santos disse...

Sim, o blog avisou. Esse blog sabe das coisas. O quê você dá pra ele comer?

RenatoS. disse...

Ferrari dominando?

Hamilton ciente de que tem um foquete?

Red Bull se recuperando?

É...este campeonato tem tudo para ser um dos mais disputados dos últimos tempos.

Este número 13 não caiu bem.

Anônimo disse...

Corradi, o Mika Salo afirmou que a Ferrari estava andando muito aquém do que pode. Torço para que esteja certo, mas não tanto. Odiaria ver outro domínio de quem quer que fosse.
Abraço,

Marco Waihrich

Rafael disse...

" Muitas soluções interessantes (e que funcionam) com materiais que mostram
que existem outros caminhos para o futuro da Fórmula 1. "
Corradi, você poderia listar o que tem de tão inovador na Ferrari de 2014?
Grato,

lucasmedeco disse...

Humberto, que soluções seriam essas, teria como nos dar exemplos? fiquei bem curioso.. (confesso que nao gostaria de ver o conjunto Ferrari/Alonso ganhar, coisa de torcedor)

Anônimo disse...

mestre corradi, de vc tirar essas informações sobre a ferrari?


abraço

Felipe Casas

Anônimo disse...

E escuta o que eu tenho pra dizer, na Hungria a rbr vai estrear um novo pacote aerodinâmico visando dominar a fase tilke e recuperar o tempo perdido.

Marques disse...

A Red Bull pode estrear o pacote aerodinâmico que quiser. Se o Renault não empurrar não vai a lugar nenhum. Não vejo Lewis achando que vai ganhar de lavada, inclusive seu companheiro de equipe, tão aclamado por aqui, está dando declarações parecidíssimas.

Humberto Corradi disse...

Lucasmedeco e Rafael

Podemos citar a controversa tampa do motor (motivo de reclamação de Renault e Mercedes), materiais inovadores na fabricação de peças e o "sistema de recuperação de energia" (frenagem) que pode tornar o motor da Scuderia o mais econômico da categoria.

Valeu

Ron Groo disse...

Boto fé nesta sua informação sobre a Ferrari.
Se tudo funcionar a contento, vão ter que correr atrás, porém, corre o risco deste ser apenas a fase beta e o produto final, acabado e funcionando bem, só ano que vem.

Será que há algum risco da Renault se divorciar da Red Bull pros próximos anos?