segunda-feira, 21 de abril de 2014

Rascunho Frio


























A emoção pura do Rally.

Pois a corrida na China foi chata.

Sim, concordo.

A receita americana das bandeiras amarelas e Safety Car poderia ter dado
um tempero especial assim como no Bahrein.

Mas a Fórmula 1 não é isso.

Sinto muito?

Não, sinto sono.

Martin Withmarsh não deixou seu cargo na McLaren de mãos vazias.

Cerca de 10 milhões de Euros devem estar consolando o homem.

Para alimentar boatos, Adrian Newey esteve em Silverstone acompanhando as
novidades da Porsche, nova casa de Mark Webber, no Endurance.

Falando nisso, é interessante visitar a história e notar como a vitória de Vettel em
Monza pela Toro Rosso prejudicou a evolução salarial do piloto australiano.

No ano seguinte, a Red Bull (já com Vettel no time) cortou pela metade os valores
dos vencimentos de Webber.

A performance do menino trouxe nova perspectiva sobre o real peso de Mark
dentro da equipe.

Assim nascem as rivalidades.

A McLaren terá um grande patrocinador principal, mas os nomes dos candidatos
(plural mesmo) são mantidos em sigilo.

Justiça seja feita, a Ferrari está tratando bem Kimi Raikkonen.

Entretanto o piloto precisa reagir.

Mostrar sua força.

Para mais, leia tudo que esse espaço disse sobre Felipe Massa nos últimos 2 anos.

Engraçado.

Lewis Hamilton (talentoso, sim) mas que desde 2008 só mostra brilhos espaçados
e Fernando Alonso (fenômeno contínuo) o rival que apenas chegou perto, estão
sendo colocados maiores que Sebastian Vettel.

Grande farsa??

Onde você esteve nos últimos anos?

Preste atenção.

Ricciardo é o constante, o regular.

(Quanto tempo perdido com o outro australiano, não?)

Porém Vettel vai além disso e por isso conquistou o que conquistou.

Podem me cobrar!

22 comentários:

Anônimo disse...



Team Newey-Porsche F1

Marco Memoria disse...

O alemãzinho pilotinho de video-gamezinho está agora no seu devido lugar, sempre disse que ele só andava porque tinha nas mãos um carro fora de serie, é claro que com os privilégios de piloto numero um a RBR daqui a pouco vai colocar as coisas de forma a favorecer o protegido, mas com certeza o couro que ele está tomando agora desfaz o mito de querer comparar o alemãzinho pilotinho de video-gamezinho a lendas como Fangio, Clark, Senna e no minimo mais uns 100 outros que foram pilotos de verdade.

Ituano Voador disse...

É, a Red Bull deste ano não anda sobre trilhos, como as dos anos anteriores; talvez o estilo de Vettel não seja tão adaptativo quanto os de Alonso e de Hamilton, vai saber! Mas, de qualquer forma, este ano será o grande teste do alemão (é estranho dizer isso de alguém que ganhou 4 títulos em sequência, mas são essas nuanças que fazem o automobilismo interessante).
Abs

RenatoS. disse...

Vettel anda bem, tanto que assumiu a 2ª colocação na largada e lá ficou, mesmo sob pressão de Alonso, até o primeiro pit stop. Assim, não creio de forma alguma que seja braço, como uns insistem em colocar.

Porem, não rende bem.

Já é a 2ª vez que é obrigado a abrir para Ricciardo, normalmente do meio para o final da prova; sendo que este não só anda bem, como vem conseguindo extrair mais do equipamento, estando em melhores condições nas partes finais.



Jeferson Araújo Pereira disse...

Quando será que a imprensa italiana começará a cobrar a saída de Raikkonen da Ferrari? Ou melhor: já estão cobrando? Alguém leu algo a respeito?

Eu ODEIO - muito - a personalidade do Alonso, o Dick Vigarista que gosta de levar vantagem em tudo.Mas eu assisto F1 desde 1972 e não sou cego.Atualmente, ele é o melhor piloto da F1.É preciso aceitar a realidade e não brigar com fatos e imagens: Vettel só ganha quando está pilotando um foguete.E está precisando urgentemente de um psicólogo: Ricciardo abalou a cabeça do alemãozinho.

Jeferson Araújo Pereira disse...

Hoje, no Roda Viva da TV Cultura, às 22 horas: a reprise da famosa entrevista do Senna em 1986.Vou rever.IMPERDÍVEL.E quem não viu deve se preparar para dar risada quando o Rubinho - com 14 anos - aparecer em uma pergunta gravada: 14, mas com cara de 8 anos!!!

Anônimo disse...

Vettel farsa sim! Que nem nota de três reais, com a cara do Marcelinho Carioca estampada ainda.

Explico por quê.

O Vettel é igual o Real e a RBR é igual ao Lula.

Até conseguiram enganar o povo fazendo malabarismo para o Real parecer mais forte.

Dai veio a "marolinha" no caso o Ricardão, e até agora dizem que tá tudo bem.

Mas a RBR e o Lula não conseguiram por muito tempo esconder seus defeitos.

Vettel como toda grande mentira, está sendo exposto, uma hora a perna curta tropeça!

ALEX COURI disse...


Claro q o Vettel é mto mais piloto q o Ricciardo, foram só 3 corridas até aqui e um campeonato inteiro pela frente, ninguém é TETRA campeão de F1 atoa..rs O cara é foda!

TheEltonToptec disse...

Reitero cada pixel de cada letra que você escreveu.

Rafael Schelb disse...

Sobre o Vettel, só posso concordar. O povo cobra milagre do cara, mas ele não é santo, é um puta piloto de corridas e só. Corrida é, sempre foi e sempre vai ser, pelo menos 50% carro. Ninguém é campeão com carro meia-boca. Pode ser que ele tenha certa dificuldade em se adaptar a um carro que não foi nascido do jeito que ele gosta, mas e daí? Muitos outros campeões sofreram desse mal, Senna e Prost, só pra citar dois dos mais louvados, SEMPRE tiveram dificuldade de adaptação a carros "ruins". O fato de que o Ricciardo tenha se adaptado mais rápido ao carro só prova isso mesmo: que ele se adapta mais rápido. Não quer dizer que ele seja mais piloto que o Vettel, ou que o alemão é uma farsa. ninguém repito, NINGUÉM é tetracampeão de Fórmula 1 à toa. Mesmo que tenha tido o melhor carro em todos os títulos...

David Félix Krapp disse...

Cara...

Eu vejo esses posts falando do Vettel e fico imaginando o q essas mesmas pessoas falam do Schumacher... Q alem de correr de playstation ainda tinha os companheiros obrigados a perder por contrato... Ja Vettel conseguiu sua primeira vitoria de forma epica com uma draga q um ano antes era a Minardi e so andava atras... Beeeem atras... mas as pessoas convenientemente se esquecem disso... se esquecem que Newey estava na Rbr desde de 2007 junto com Webber... so q a Rbr so foi vencer pela primeira vez por uma incrivel coincidencia em 2009 qdo um alemaozinho franzino veio da equipe e baixo e domou o aussie com propriedade... enfim...

Eu chamo esse fenomeno de MCS - memoria conveniente seletiva...

Marques disse...

Hamilton e Alonso teriam sido campeões se tivessem na Red Bull, e quase foram com carros piores em 2010 e 2012. Vettel é excelente, mas não é melhor que os outros. E esse "baba ovismo" com Red Bull tá deixando esse espaço um pouco chato. Mas pelo menos nessa semana não teve referências ao verão europeu..

Anônimo disse...

Com aquele Playstation que era a RBR até eu tinha sido tetracampeão.

Até o Rubinho! Vettel é uma farsa descarada.

FABRIZIO SALINA disse...

O Vettel é bom piloto? É. ganhar um Gp de Monza com uma Toro Rosso não é para qualquer um. Teve um cara que fazia algo similar, com uma Toleman...
No entanto, Vettel viveu o que Prost teve na Williams de 93: carro de outro planeta. Senna no auge não conseguia fazer-lhe sombra, pois a diferença de equipamento encobria quaisquer deficiências de pilotagem.
Os carros da RBR fizeram de Vettel um piloto com mais títulos que deveria merecer e lhe atrofiaram alguns potencialidades que terá de desenvolver agora. Como largar atrás da terceira fila. Vamos dar tempo ao tempo, pois como diz o brcardo "veritas filia temporis".

Anônimo disse...

No período que dividiu a equipe com Webber, vimos que em alguns momentos o australiano liderou o companheiro, esses momentos que mostraram o quanto Vettel é dependente do difusor soprado, depois que a aerodinâmica da rbr reaprendeu a soprar o difusor com coanda, Vettel disparou. Webber disse que esse tipo de downforce é estranho, não se adaptou e por isso Vettel se saiu melhor. O fato do Webber, piloto mediano pra ruim, andar na frente do Vettel, mesmo por poucas provas já me acendeu uma dúvida. Ao analisar as voltas lançadas de qly do Vettel, pilotos como Hamilton e Alonso, sempre exaltavam o carro da rbr, rasgando elogios ao Newey. Uma vez, Hamilton disse que Vettel perdia três tomadas de curva por volta e mesmo assim era pole.
Não é surpresa que Vettel teria dificuldades, mas eu não imaginei que seria tanta, aliás, ele é o principal piloto, mais bem pago, tem os melhores engenheiros, etc. E a dificuldade é pra todos, a regulamento é igual. O carro que ele acelera é igual ao do Ricciardo, é inadmissível um tetra campeão levar 25 segundos do companheiro recém chegado, Vettel vai começar a perder a credibilidade, se é que não perdeu. E a reação de alguns blogueiros, em manter essa farça do Vettel, também é inadmissível.

Társio disse...

Corradi,

Você sabe algo sobre a Porsche como possivel fornecedora de motores para a F1 em 2014? Será este o plano da Red Bull para o próximo ano?

Aliás pobre da Audi nas 6 horas de Silverstone. E pobre Di Grassi (gosto dele)... uma largada afobada, e depois uma batida em menos de 1 hora de corrida :(

Sobre Vettel X Ricciardo, O Tetracampeão tem seus méritos mas Alonso, Hamilton, Schumacher (até 2006) e Senna nunca tomaram tamanho calor de seus companheiros de equipe, com excessão de companheiros igualmente fortes (seja Alonso com Hamilton em 2007, Senna e Prost 89, Prost e Lauda, etc).

Daí temos 2 opções: ou o Tetracampeão não é tudo isso, ou o Ricciardo é muito mais do que a Red Bull esperava e eles terão um problema nas mãos quando o carro melhorar. Torço para a segunda opção...

Abç

Humberto Corradi disse...

Társio

Houve boatos sobre a entrada da Porsche da F1.

Muito por conta do tamanho do investimento (bem mais que o necessário) que a montadora alemã estava fazendo para retornar ao Endurance.

Mas ficou nisso.

Valeu

Anônimo disse...

Sobre o Ricciardo, sempre me perguntei porque compraram uma vaga pra ele na HRT para meia temporada, enquanto todos os outros sempre tiveram que esperar uma chance para estrear na STR. E Sobre Vettel, não esqueçam do 1 segundo por volta perdido instantaneamente pelo nascimento da filha em janeiro, era maluco sabia das coisas o velho Ferrari...

Cristiano

Moretão disse...

Corradi, como o Társio bem disse, Alonso e Hamilton nunca levaram tanto calor do segundo piloto. Vettel é ótimo piloto, mas está abaixo de Alonso e Hamilton. E nesse momento de Ricciardo.

Não estou entendendo o que o passado tem a ver. Vettel não foi tetra-campeão em cima do Ricciardo.

Leonardo Oliveira de Souza disse...

As chuvas dos sábados me parece que está estragando as corridas no domingo, na unica que não choveu na classificação a corrida foi espetacular e mesmo se o Safety Car não fosse acionado a corrida do bahrein já seria muito boa. espero ver mais uma corrida 100% no Seco pra ver o verdadeiro nível desse ano.

Ti Carioca disse...

David Félix Krapp,
realmente as pessoas tem memória seletiva. Inclusive você, que esqueceu que Vettel só ganhou a corrida em 2008 por que Hamilton e Massa não conseguiram marcar voltas rápidas uma vez que a chuva caiu antes deles irem pra pista no Q1. Foi uma vitória atípica, ele não venceria no braço contra os líderes do campeonato. Então não foi algo tão esplêndido assim.

Blog do Júlio disse...

Dois comentários que julgo pertinentes:

1) Schumacher teve filhos em 1997 e 1999. Depois disso ganhou 5 títulos mundiais. Então essa história de 1 segundo mais lento porque virou pai é conversa pra cavallino rampante dormir;

2) Vettel é um grande piloto, disso não tenho dúvidas. Ainda acho Alonso mais completo, um cara que consegue tirar leite de pedra. Hamilton, julgo mais habilidoso, um autêntico "racer", um cara que tem um talento natural para guiar, mas que peca nos aspectos que tornam Alonso o mais completo.

Assim como Vettel hoje, Schumacher teve um ano ruim em 2005, quando ganhou uma corrida disputada por dois carros. E ninguém o chamou de farsa. Ah, não... peraí, chamou sim, mas só as viúvas de sempre. Igualmente, Senna teve um ano ruim em 1992. Lauda em 1979. Prost em 1991. Alonso em 2009...

Sinceramente, não consigo entender a insistência dos que insistem em taxar Vettel de farsa. Só ganhou com a Toro Rosso por causa dos treinos? E a habilidade de Hamilton na chuva? Por que não descontou a diferença nas 50 e poucas voltas da corrida?

É óbvio que guiar um bom carro ajudou demais na conquista dos títulos. Como Senna em 1988 e 1990. Como Mansell em 1992, Prost em 1993, Schumacher em 1995/2002/2004. São todos eles farsas também?

Também acho um porre essa lustração do Corradi pela Red Bull e pelo Vettel. Mas o blog é dele. Elogia quem quiser, torce para quem quiser, escreve o que quiser.

De minha parte, venho pelas fotos e pelas histórias sobre as priscas eras do automobilismo (aliás, faz tempo que não vem nada do gênero). Só leio os rascunhos para rir dos comentários que vêm em seguida.