sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Rascunho de Telas

























Aquarela.

Sei que o assunto do momento é Fernando Alonso.

Mas desde ontem o Tordo (sempre ele!) vem me chamando atenção para as
movimentações na Red Bull.

Primeiro foi Kenny Handkammer.

O chefe dos mecânicos (junto da equipe desde 2006) deixou o barco.

Se você não sabe, Handkammer era o general que comandava com mão de ferro
os bastidores do time dos energéticos.

E não vai nem estar em Suzuka.

Estranho o desligamento repentino de um homem que trabalhou ativamente nos
quatro títulos de Sebastian Vettel.

O segundo está sendo Riccardo Adami.

O engenheiro da Toro Rosso (estava com Vettel em 2008) está se mudando
para a Ferrari.

Adami que atualmente era responsável pelo simulador usado pelas duas equipes
irmãs.

Mudanças e movimentos nos bastidores.

Interessante.

Perguntaram pra Vettel se estava garantida sua permanência na Red Bull em 2015.

A resposta do piloto.

"Não, claro que não!

Eu poderia cair da escada e me machucar."

Vettel nunca mostra suas cartas.

Fórmula 1 no Japão.

























Via Alina.

A ideia de um retorno da Alfa Romeo para a Fórmula 1 passa pelas cabeças que
hoje comandam o mundo FIAT.

Mas o objetivo não é apenas vender motores.

E sim reviver a marca com resultados expressivos na pista.

Cabe a interpretação que é preciso buscar escuderias mais fortes no grid para usar
as unidades de força fornecidas pelos italianos.

Sergio Marcchione foi claro.

"Não podemos nos dar ao luxo de continuar a fornecer para equipes fracas.."

Um cenário bonito para Sauber, Marussia e Haas.

Só que não.




14 comentários:

Anônimo disse...

Hahahahahahaha, eu era um deles ontem assistindo os treinos livres...

Corradi, e o Verstapinho rapaz ? Gostou da "estreia" do garoto ?

E será Vettel na Ferrari ??? Eu achava tão mais facil ve-lo na Mercedes ou na McLaren/Honda

Essa ideia da volta da Alfa Romeu seria a versão Ferrari para a Toro Rosso será ?

Abraço

David Felix Krapp

Társio disse...

Corradi,

Este boato do Vettel na Ferrari no lugar do Alonso em 2015 vem ganhando cada vez mais força.

Adrian Newey iria junto? Ou a ideia dele de se afastar aos poucos da F1 ainda continua.

E para substituir o Vettel na Red Bull, seria promovido um piloto da Toro Rosso? Kvyat é ainda muito jovem para tamanha responsabilidade?

Abç

Renato Santos disse...

Que fedor de tchautôindojáfui! (Música do Pato Fu)

Jefferson disse...

Tomara que o o Newey não vá!!!
Seria bonito ver a marca alfa romeo de volta, mas pra "alinhar quatro carros" sento três trabalhando para o outro ficha meio chato. Imaginem uma ferrari com 'shumaço'ou'chatonso' e mais Irvine, Rubinho e Massa!

Anônimo disse...

Sei não, Corradi.
Como o pessoal (eu inclusive) já mencionou no post anterior, Bianchi é pouca areia para o caminhão da Ferrari. . .
Tô mais é achando que vem novidade por aí, com nome e sobrenome: Sebastian Vettel!
É esperar prá ver.
Abraço.
Zé Maria

Anônimo disse...

Alfa romeu Tava mirando a Indy ein.. a cosworth fazendo o motor

Anônimo disse...

Alguém por favor me explica o que é TORDO?

Anônimo disse...

F1 precisa de equipe grande, tem que chamar Audi, Porsche, Toyota.
Alguns garagistas sólidos americanos como Sr Roger Penske e Chip Ganassi seriam bem vindos, querer mexer com outra coisa é bobagem, mas daí os dois montros do automobilismo enxergarem a F1 como competição relevante e séria é outra historia.
Outra coisa urgente é banir regras estúpidas como a atual do rádio e engessamentos técnicos. F1 tá em mãos erradas.
Dar um pé na bunda do Herman Tilke também. De todos os circuitos que ele fez não presta um.

Daniel Chagas disse...

Coitado de Vettel, a próxima vítima da Ferrari...

João disse...

Se as regras não mudarem, ao nível da aerodinâmica, não acredito que newey fique muito mais tempo na f1. Os génios, aqueles de cérebro mesmo, precisam de estímulos e desafios brutais. Coisas que puxem pela cabeça. E esta f1 castradora já há muito deixou de ser aliciante (para os seres geniais)

Anônimo disse...

Falei! Olha aí o Vettel "pedindo para sair"!
Então ficamos assim, Vettel e Raikkonen na Ferrari e Alonso e Magnussen na McLaren!
Agora sim vamos poder avaliar se o alemãozinho dito prodígio entende do riscado, pegar os "foguetes" do Newey e fazer bonito, até eu faço!
Zé Maria

Paulo Bala disse...

Touché!!!

Eric Musashi disse...

"Pegar os foguetes do Newey e fazer bonito, até eu faço." Meu amigo, nem o Webber, que surrou o Alonso na F3000 e foi melhor que o espanhol na Minardi (além disso, bateu o Rosberg de companheiro na Williams) conseguiu sequer um vice. Você levaria volta de Marussia com qualquer carro - até o W05.

Brocken Jr. disse...

A Alfa Romeo precisava voltar, o problema é que nem precisa dizer o que a FIAT faria com a marca em detrimento da Ferrari.