sexta-feira, 26 de maio de 2017

Clipping


























"Ele pode continuar conosco pelo tempo que quiser."

As palavras são de Sergio Marchionne.

O 'Ele' é Sebastian Vettel.

Vem Pra Rua (do bem)

Toto Wolff defendeu um calendário com mais pistas de rua para a Fórmula 1.

Destacando a boa experiência da Fórmula E.

Sempre gostei disso.

É impressionante ver o clima de corrida invadir as avenidas de uma cidade.

Riscos

Wolff entregou a dificuldade de se trabalhar nesta temporada em relação
ao anos anteriores.

"Por causa da Ferrari estamos tendo que trabalhar no limite absoluto das
unidades de força."

Isso significa temperaturas mais altas e maior fadiga de material.

Tanto que a segunda geração de motores da Mercedes não foi projetado
para mais dar mais poder as Flechas de Prata.

A conversa aqui é garantir maior confiabilidade.

A unidade (versão 1) de Bottas já estourou.

Hamilton continuará usando a dele nas primeiras sessões de Mônaco.

Mito

Impressionante.

É a categoria máxima do automobilismo desembarcar em Mônaco e os
jornais (de lá) só falam de Ayrton Senna.

Também no principado, homenagens e honrarias ao brasileiro.

2018

Distribuição das unidades de força para a próxima temporada.

McLaren e Sauber com a Honda

Ferrari continuará na Haas.

Mercedes fornecerá para Force India e Williams.

Red Bull e Toro Rosso seguem com a Renault.

Pra Chamar de Seu

A Red Bull pressiona para que haja uma mudança na regulamentação
em relação as unidades de força no próximo Acordo de Concorde.

Estamos falando para além de 2020.

A turma do energético quer um padrão de bateria e Kers para todos.

Com custo definido.

O plano é simplificar para que empresas independentes possam entrar
no jogo hoje dominado por Mercedes, Ferrari, Renault e Honda.

Tipo a Cosworth.

A ideia da Red Bull reduz custos e ataca o segredo que faz a diferença
na Fórmula 1, a interação entre o sistema de recuperação de energia e
o motor.

Por trás da proposta da Red Bull está o desejo de se libertar das fabricantes
e poder, finalmente, completar seu objetivo de construir seu próprio motor.

Em 2015 já falávamos sobre o assunto: clique aqui para lembrar.

Cuidando

A Red Bull contratou Jos Vertappen como caçador de talentos oficial.

A manobra visa criar mais laços com a família e remediar o assédio das
concorrentes sobre Max.

Nova Escuderia

Paul Stoddart (ex-Minardi) foi encarregado da missão de entregar um bólido
de dois lugares para um experiência de pista diferente na Fórmula 1.

(coisa que já existe na Indy)

Mas ele foi além.

Stoddart acabou fazendo uma 11ª equipe!

O novo projeto recriou uma experiência de equipe completa com garagem
de trabalho.

Para isso ele procurou a empresa de leilões que iria vender os equipamentos
da Manor para obter permissão e comprou várias coisas do falecido time de
forma antecipada.

Até mesmo novos uniformes foram confeccionados, imitando assim os times
oficiais.

Mecânicos, engenheiros, eletricistas e caminhões de apoio fazem parte do
pacote.

Tudo para que os fãs possam ter uma experiência real dentro de uma
escuderia e entender melhor como é a vida na F1.

Repete

Mario Andretti é uma lenda.

Venceu praticamente em todas as categorias imagináveis de esporte a motor.

Piloto duro nas pistas.

Suas largadas na F1 costumavam amedrontar os adversários.

(jogava pra fora mesmo para abrir caminho)

Com personalidade forte, se recusava a assinar contratos que vinculavam
sua imagem.

Assim costumava aparecer com um macacão com cores que divergiam das
de sua equipe.

Em nome de seus interesses financeiros, abriu mão de etapas da Fórmula 1
para pilotar na Can-Am e nas 500 Milhas de Indianápolis.

Por isso, não causa espanto sua apreciação por Fernando Alonso e sua
aventura em terras ianques.

"Ele deveria considerar uma temporada completa na Indy porque sua
oportunidade de encontrar um carro vencedor na F1 é mínima."


9 comentários:

Arthur disse...

Acho que a Ferrari que está no limite, pois tanto Kimi, quanto o Vettel estão na terceira unidade de potência e só têm mais uma troca antes das punições.

Bruce Haas disse...

Correm boatos que o Palmer está na berlinda na Renault, será que tem alguma verdade nisso Corradi?

FercarSystem

cesar disse...

Corradi, há algo a mais por trás dessa investida do Sttodart?

Humberto Corradi disse...

Bruce Haas

Parece que Palmer está numa situação em que a equipe cobra resultados.

Difícil acertar um nome para substituí-lo.

A Renault pensaria no mercado ou na performance?

Valeu

Humberto Corradi disse...

Cesar

Não.

Valeu

Danilo Silva disse...

Vem pra rua (do bem) foi f*** kkkkkkkkkkkkkkkk

Danilo Silva disse...

Hamilton foi flagrado com cartas escrito "VOLTA ROSBERG" kkkkkkkk O cara simplesmente não consegue acertar o carro pra pista de rua... Já já o Bottas será copiado...

Danilo Silva disse...

*orra matei o português: cartaZ. :)

Unknown disse...

Parece que o Alonso tá olho inchado ou é minhas vistas. Mas essa 500 milhas é muito show tem um verdadeiro carnaval rolando ali por trás.