quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Up to date























Bom dia a todos.

Brazucas

Mais um brasileiro nas pistas da Indy: Bruno Junqueira.

Fino

Marussia confirma que utilizará o KERS produzido pela Williams.

É um produto cobiçado.

Pra quem não sabe a Porsche já possui uma parceria que coloca essa
tecnologia da equipe inglesa em seus carros.

Loteria

A Blackberry deverá ser o novo patrocinador da Caterham.

Valores chegando a 30 milhões de Euros por ano.

Tchau

Por falar em Caterham, esse pode ser o último ano do russo Petrov na
Fórmula 1.

Mais uma

Suzuki deverá voltar a Moto GP em 2014.

Pesado

O investimento da Ferrari no motor turbo V6 para 2014 já passa dos
55 milhões de Euros.

Na foto: Fittipaldi em Surfers Paradise.

10 comentários:

Carlos Del Valle disse...

Interessante como a Blackberry vai mal das pernas e se enfia numa dessas. Será que o Bahar mudou para o ramo da tecnologia? :-D

Rodrigo Keke disse...

A Ferrari fazendo de tudo pra sair na frente nos motores... torço para que sejam foguetes.

E eu não consigo entender a marca de Hamamatsu, é um tal de sair e voltar da MotoGP, imagino o que eles pensam sobre planejamento de longo prazo...

Anônimo disse...

Curiosa Marussia que já foi e não é mais Virgem... ops Virgin!

'Ganhou' sua entrada no circo, como candidata aprovada pela FIA para a F1 , com o nome de 'Manor Grand Prix'. Estava associada à Wirth Research, de Nick Wirth. Mas logo antes da temporada 2010 começar pra valer, recebeu a adesão de Richard Branson e passou a ser chamada Virgin Racing.

Apresentou, para 2010, um carro 'revolucionário', que não foi muito bem... e eu torcia muito para que fosse, teria sido muito legal ver a coisa funcionar.

No ano seguinte, "casou-se" com a montadora russa Marussia e acabou dando um pé-na-bunda do 'visionário' Nick Wirth. Roi renomeada 'Marussia Virgin Racing'.

A equipe foi, a passos largos, deixando de ser Virgin e solidificando sua nova identidade russa.

Para 2012, agora 100% Marussia, tratou logo de perder esse 100%... associou-se à McLaren, num namoro técnico que resultou em, pelo menos, o segundo carro do grid sem o horroroso 'degrau no bico'...

Agora, para completar o processo 'Frankenstein' vai usar o KERS da Williams... o que vem depois? câmbio da Ferrari? DRS da Red Bull? geometria de suspensão da Sauber? escapamento da Force India? pilotos da Mercedes? pintura da Lotus-Renault-GENI?

Estranho...

E a Caterham e HRT... vão pelo mesmo caminho?

um abraço,
Renato Breder

Ron Groo disse...

55 milhões de euros e ainda falam em cortar gastos... O raça viu.

Marcos Antônio Filho disse...

O Kers da Williams é o melhor que tem! E essa Penske era linda!

ALEX COURI disse...


Junqueira de volta? qual equipe? essa é boa noticia..

TW disse...

Uma boa injeção de grana a Caterham terá com esse patrocínio.

Petrov não deixará saudades na Fórmula 1. Alonso que o diga, Pensando bem, valeu Petrov por aquela segurada ao espanhol em Abu Dhabi 2010!

A Ferrari está tentando desbancar a Renault. Será que conseguirá? Sei não...

Rodrigo Keke disse...

Breder, só faltou falar dos amortecedores Penske! hehe.

E essa do Bruno Junqueira me deixou surpreso. Creio que seria mais sensato tentar uma aproximação com o turismo, ou protótipos...

Paulo Heidenreich Jr disse...

Se fosse a Renault ou a Mercedes que jogasse uma notícia dessas na mídia a F1A já mudava as especificações !!! Hahahaha !!!

Rafael Schelb disse...

Essa história da Blackberry patrocinar a Caterham, com toda essa grana, só comprova o que eu sempre acreditei: esse tal de Tony Fernandes é, de fato, um cara sério. Eu torço muito pra que a equipe cresça cada vez mais, e consiga, em pouco tempo, brigar lá na frente!