terça-feira, 2 de setembro de 2014

Rascunho 2012




















O jovem Verstappen bateu em sua primeira exibição na Red Bull.

Pediu desculpas.

OK.

Acontece.

Lembrei que até o professor Alain Prost já deu vexame neste tipo de evento.

Fernando Alonso declarou para a Sky sua intenção de permanecer na Ferrari.

Intenção.

Ele já havia usado essa expressão antes de Spa-Francorchamps falando aos
jornais italianos.

Tipo assim: se eu sair a culpa será da equipe, minha intenção era continuar.

Esperto esse espanhol.

Ainda sobre os italianos.

Se Ross Brawn retornar para a Scuderia, a casa poderá ser pequena demais para
ele o atual diretor técnico e projetista James Allison.

Sobre a Mercedes.

Duas linhas pra quem sabe ler.

Mark Webber, Felipe Massa e Rubens Barrichello.

Exemplos que mostram que o papel de vítima só traz prejuízos na Fórmula 1.

Interessante.

As palavras aposentadoria e Button aparecem cada vez mais no noticiário do
automobilismo.

Dois anos atrás o Blog dava a dica que a porta se abriria na McLaren.

Clique aqui para lembrar.

O Tordo ri.

Hoje as cabeças de Woking procura os melhores.

Um piloto experiente, vencedor e seguro.

Falando sobre isso.

Para Alonso estar liberado existem duas condições.

Basta que a Ferrari não termine entre as três primeiras no Mundial de Construtores e
que o piloto não esteja mais de 25 pontos atrás do líder do campeonato em setembro.

Vettel?

O atual campeão poderá mudar de casa se não conseguir pelo menos duas vitórias
numa temporada ou se não terminar entre os três primeiros no Mundial de Pilotos.

Vettel ainda exige por contrato a presença de Adrian Newey no time.

Por fim.

Nomes em Monza.

Mehri (na Itália aguardando sua superlicença - Caterham), Giedo Van der Garde
(Sauber), Juncadella (Force India) e Lotterer (de novo? - Caterham).

Apesar de um Kobaysahi em letras grandes estar pintado no box da equipe verde...

9 comentários:

Tiago Oliveira disse...

Ele bateu na verdade o RB8 da Red Bull pintado de Toro Rosso, e nessa foto da pra ver o polemico cone de bico flexivel do Adrian Newey.

Rodrigo Vilela disse...

Alguma chance de Vettel e Alonso formarem a dupla da McLaren em 2015?? Hummmm...

Estou pressentindo que Magnunssen vai ser sacaneado!

Renato Santos disse...

Obrigado, Corradi, pelas novas. Acho que o Alonso não sai, agora acho, amanhã é amanhã. Quero ver quem os japoneses vão colocar no carro, duvido que seja um zé-ninguém, sendo zé-alguém o Vettel, Hamilton e Alonso.

Leonardo disse...

Difícil mesmo é ganhar corridas e títulos sem o Adrian Newey.....Schumacher foi o maior anti-Newey da Formula 1.

Malka disse...

Corradi,se vc tivesse que apostar qual piloto vai pra Mclaren em 2015 (realmente espero q o Button se aposente,rs)
em quem vc apostaria:
Fernando Alonso,Hamilton ou Vettel?

Anônimo disse...

Também acho que vai ser o Hamilton.
O bom filho à casa torna.
E a Mercedes pra ele é "bananeira que já deu cacho". Além de que Ron Dennis e a McLaren tem um sentimento paternal por ele.
Hamilton nunca deveria ter saído da McLaren.

Danilo Cintra

Ron Groo disse...

Intenção realmente é sintomático.
Se ele tivesse dito: eu vou ficar, mas nem...

Eduardo Casola Filho disse...

Corradi, lendo o Up to Date de 2012 linkado a este post, as começaram a sair daquele jeito que tivesse falado na McLaren. (exceção ao caso do Perez, que como você disseste, seria uma parada dura para ele, é teve muitos nos comentários que quebraram a cara)

No fim, acho que alguém do rol dos pilotos da lista da Honda (leia-se Alonso, Vettel e Hamilton) vai acabar sobrando e será um piloto da esquadra de Woking. Mas ainda há muita água para passar embaixo dessa ponte.

E as duas linhas linhas sobre a Mercedes foram um verdadeiro petardo. Doa a quem doer.

Beto Nogueira disse...

Rapazes ....
Qual a força motriz?
Sim ... Grana !!!
Grana acontece em banco mais montadora !
Ok ?
Consumam esta > Newey, Alonso, Vettel e Santander na Maclaren em 2016 ...
Até lá tudo igual e mais um ano de proforma a todos ...
Esperemos !!!!!