quinta-feira, 21 de julho de 2016

Clipping




























Reparou na diferença?

A largura do pneu do ano que vem chama a atenção!

E muda tudo.

Por isso os times já estão trabalhando firme para a próxima temporada.

Adrian Newey não esconde sua empolgação.

Para não passar em branco, nos últimos dias, Pierre Gasly conduziu o RB10
no circuito de Valellunga seguindo com a programação de testes da Pirelli.

A Force India anda fazendo experimentos no túnel de vento da Toyota
localizado na Alemanha.

Falando nisso, a relação (ou a falta dela) túnel de vento / pista tem sido a
causa dos maiores problemas da Williams em 2016.

A Petrobras parece firme em continuar na categoria máxima do automobilismo.

Além da tentativa de criar um vínculo com a Renault através da Toro Rosso,
os números mostram que seus investimentos tendem a crescer na Fórmula 1.

Do ano passado pra cá, já houve um aumento de 8 milhões de euros no
seu aporte.

A procura por novas frentes demonstra que o montante pode ultrapassar
facilmente 30 milhões de euros anuais em 2017.

Esteban Ocon, figurinha carimbada na Renault para o ano que vem, foi
confirmado no primeiro treino livre na Hungria.

Aliás, os atuais dois pilotos da escuderia francesa seguem com o futuro
incerto.

Hungaroring com novos sensores em algumas curvas.

A FIA pode ter gostado da brincadeira de vigiar quem gosta de ultrapassar
os limites da pista.

Com todas as portas fechadas, Felipe Nasr parece abraçar a Sauber.

(apesar de um boato - boato!! - com a Haas)

O brasileiro admite a necessidade do patrocínio do Banco do Brasil para
seguir ao lado de Marcus Ericsson na próxima temporada.

Sauber que foi vendida para a Longbow Finance S.A.

Empresa que é o braço financeiro da Tetra Pak.

Mas por que uma instituição financeira compraria o time de Hinwil?

Lembra da Genii Capital com a Lotus?

É a mesma coisa.

O luxuoso paddock da Fórmula 1 é um dos melhores ambientes do mundo
para fomentação de novos negócios.

Um lugar mágico para encantar clientes.

Atrair novos investidores a olharem para sua vitrine e adquirirem seu produto.

Simples.

O Tordo diz que James Allison pode dizer adeus a qualquer momento para
a Ferrari.

O projetista inglês tem ido pouco em Maranello.

Suas faltas são constantes.

Talvez os motivos estejam na atual situação da Scuderia Italiana mais a
perda recente de sua esposa.

Ou uma proposta da McLaren.

Não sei.

O que sei é que James Key (Toro Rosso) recebeu uma proposta dos italianos.

Recusada.

(assim como fez Ross Brawn)

Brawn que chegou a dizer que a Ferrari precisa de tranquilidade.

Um recado.

Sebastian Vettel não está indiferente para a falta de rumo.

É de sua estirpe (assim como Alonso e Hamilton) querer vencer sempre.

Ele vai esperar o bólido do ano que vem.

E ver os resultados.

Mas em todo caso já sondou Toto Wolff para saber até quando ele pretende
contar com Nico Rosberg.

Lewis pode não ter gostado da aproximação do rival.

E, marcando território, disse querer ficar na Mercedes por mais cinco
temporadas.

Interessante.

O mercado de pilotos?

Lance Stroll e Jenson Button colocam suas sombras sobre a Williams.

Sergio Perez se recusa a confirmar sua permanência na Force India,
apesar de Vijay Mallya ter dito que ele continua.

(o mexicano trata de uma possibilidade com a Renault)

E a Manor já começou a leiloar o lugar de Haryanto.

Por fim.

Um exemplo de ousadia para o ano que vem.

Asas da imaginação!












13 comentários:

Jeferson Araújo Pereira disse...

Corradi escreveu: "A FIA pode ter gostado da brincadeira de vigiar quem gosta de ultrapassar os limites da pista"

Entre todas as regras estúpidas da FIA, essa é, sem dúvida, a pior.Não faz sentido, é contra o esporte!

No início do ano, eu acreditava que o Haryanto seria o pior piloto de 2016.Mas contra fatos (e números) não há argumentos.Atualmente defendo a tese de que Esteban Gutiérrez é o pior.Vamos à pontuação. Grosjean: 28. Gutiérrez: 1.A diferença entre os dois é absurda.E não sei se vocês já repararam, mas ninguém entrevista o Gutiérrez, ninguém comenta nada sobre o cara.Parece que ele é um fantasma. Os pilotos da Manor têm mais destaque na mídia do que ele.

Sobre o boato de Nasr na Haas: gostaria que o boato virasse realidade e o Gutiérrez, no mínimo, abandonasse a categoria.

Jeferson Araújo Pereira disse...

Viajando até os anos 70 com as regras de 2016.Fiquei imaginando alguém explicando ao Gilles Villeneuve que a FIA criou um sistema eletrônico para detectar os pilotos que ultrapassam os limites da pista.

Pedro Teixeira disse...

Dupla da Renault: Palmer não é piloto de F1. Magnólia só continua se arrumar grana, e em uma equipe pequena.

lucasmedeco disse...

Amigo Jeferson, me desculpe, mas comparar regras da F1 atual com a F1 de 46 anos atrás não tem o menor sentido, concordo que a Fia de fato tem algumas regras estúpidas como vc mesmo disse.. mas ultrapassar os limites da pista na F1 atual, nas curvas em que a regra é aplicada faz todo o sentido...

Jeferson Araújo Pereira disse...

Ao leitor Lucas Medeco: discordo da sua afirmação de que faz sentido o piloto ser punido ao ultrapassar os limites da pista em algumas curvas.Qual seria esse sentido? Os pilotos não podem ser "censurados", não podem ser "policiados" dessa forma.É muito mimimi, muita regrinha besta.

Existe uma solução bem fácil para resolver esse problema, mas lógico, a FIA não quer.Basta apenas liberar tudo: o piloto usa a zebra e os limites da pista do jeito que quiser, mas TODAS as áreas de escape serão feitas apenas com brita, muita brita e nenhum asfalto.Aí sim será justo: quem erra, quem exagera e não sabe consertar o erro, fica na brita e fim de corrida.

Atualmente, há áreas de escape tão grandes - e asfaltadas - que parecem estacionamento (vazio) de shopping center

David Félix Krapp disse...

Jefferson sou obrigado a discordar de voce nessa... acho que os limites da pista tem que ser respeitados... apesar que concordo que a FIA e o tio gagá Bernie são craques em idéias idiotas (lembram da chuva artificial ? Ou dos atalhos na pista para ultrapassagem ?)

Claro que não de forma idiótica como o caso Senna em 89 por exemplo em que a FIA alegou que ele tinha que dar ré de volta pra pista para não cortar a chicane... mas que tem piloto que tenta transformar curva em reta tem... errou, saiu da pista, rodou... tranquilo usar a área de escape... colocou uma roda no escape pra buscar o limite ? Tb faz sentido... agora fazer a curva ou tracionar no início da reta com as duas rodas fora da pista ? Aí fica meio dificil de justificar... foi buscar o limite ? Ok ! Mas se o carro todo tá fora quer dizer que o limite do traçado já foi ultrapassado... então teoricamente ele está fora da pista "cortando" caminho...

Acho muito mais idiota essa pontuação estapafurdia que é impossível de seguir... vc simplesmente so sabe que um cara ta na frente e que tem um outro perto... o restante é uma grande área cinzenta... ou os números fixos... ou a regra dos pneus que te obriga a usar dois compostos em um fds... ou o halo que tenho certeza, vai acabar matando um piloto, aí iremos direto pra cockpit fechado que também vai ter tragédia por que um dia um cara vai ficar preso e por aí vai...

lucasmedeco disse...

David Félix, é exatamente isso, pista é pista... áreas de escape que visam melhorar a segurança são bem justificáveis.. mas elas estão ali pra serem seguras e não extensão da pista.. Jeferson vc tem todo o direito de discordar, cada um tem uma visão diferente.

Acho que muitos que acompanham a F1 a muito tempo ficam presos a uma época.. o que passou passou, as coisas evoluem, para o bem ou para o mal.. mas no fim das contas a F1 continua um esporte bacana,que é legal acompanhar..

Marcos José disse...

Primeiro...regras são regras, goste você ou não...infelizmente os "espertinhos" se aproveitam de brechas nas regras para levarem vantagens...a FIA pune aqueles que abusam destas "brechas". Segundo...se é comunicado para que todos respeitem o limite de pista, você deve obedecer mesmo não gostando desta regra. Terceiro...não havendo estas regras ficaria uma verdadeira bagunça porque todos achariam que estariam certos em burlá-las quando quisessem e isto não é bom para a categoria e isto mostraria que quem "gritar mais alto" no paddock sempre terá a vantagem. Por falar em James Allison...lembra que eu escrevi num dos Rascunhos anteriores de que a Renault tentaria de novo no futuro?? Pois bem, acredito que Allison não viu com bons olhos a tentativa da Ferrari de contratar Ross Brawn como "consultor" da equipe...e a Renault provavelmente deu melhores garantias a ele neste momento...veremos o que acontece. Talvez a Petrobrás acredita que nos próximos anos, o Sete Câmara será promovido na Toro Rosso...daí a tentativa de "aproximação" com a Renault visando a equipe italiana pra 2017. E pra terminar...duas questões...a primeira questão: sobre a Manor...Alexander Rossi poderá já ser confirmado para o GP alemão mas não estranharei em ver Esteban Ocon (ou até mesmo Will Stevens) na Manor para terminar a temporada no lugar do Haryanto...e a segunda questão: sobre a Haas...estou achando que Esteban Gutierrez perderá o seu lugar na equipe americana e que o piloto escolhido seja mesmo Charles Leclerc, piloto da Acadêmia Ferrari de jovens pilotos...Felipe Nasr só ganharia a vaga na Haas talvez se levasse mais dinheiro do Banco do Brasil pra lá mas...na minha opinião o Banco do Brasil manterá este mesmo valor que o banco já oferece ao Nasr...ou seja...periga Felipe Nasr até mesmo perder o patrocínio do banco pra 2017 (no caso do Nasr pedir mais dinheiro ao banco para conseguir está vaga na Haas) e nem mais correr na F1.

Jeferson Araújo Pereira disse...

Ao leitor David Félix Krapp.Bem lembrado: a chuva artificial.Eu tinha esquecido essa palhaçada.

Concordo com outros pontos.A regra dos dois compostos de pneus é ridícula.E o Halo é muito feio e não salvará ninguém.

Mas eu não mudo de opinião sobre os limites da pista.Tudo pode acontecer: existe o risco do piloto errar, bater e ficar fora da pista.E se após ultrapassar o limite ele for para a área de escape e acabar ultrapassando alguém, aí não tem dúvida: tem que devolver a posição.

Outra palhaçada que precisa ser regulamentada, sem deixar dúvidas: mensagens via rádio.Ou libera TUDO ou exclui o rádio definitivamente e as mensagens voltam a ser somente vias placas.

lucasmedeco disse...

Jeferson.. ta aí algo que concordo plenamente: o rádio, ou libera ou corta tudo.. palhaçada isso..

David Félix Krapp disse...

Jefferson depois vi seu comentário da brita... eu acho que se não tiver os limites tem que ter brita... aí o cara fica enroscado pelo menos e perde tempo... mas o traçado tem que ser respeitado... vendo o debate imaginei o Senna, Mansell, Villeneuve senior com essas pistas de hoje com areas de escape gigantes... hahahahaha os caras já buscavam o limite com brita, imagina eles hoje em dia ??? Ia ser sensacional... e do jeito metodico que o Senna era por exemplo ele colocaria uma roda e meia em toda curva que pudesse !!! Hahahahaha

Realmente esse negocio do radio é extremamente ridiculo... volta com as placas mesmo e pronto... proibi tudo... so o famoso... box this lap e finito...

Allison deve ter sacado aquilo que o Piquet falou... Quando vence a Ferrari vence os louros são sempre da Ferrari... quando perde, sobra pra todo mundo, menos pra Ferrari...

E vamos torcer pro Nasr conseguir arrumar um cockpit... Renault é sonho de consumo... Haas seria uma ótima... mas tenho que confessar que é estranho uma equipe americana sem americanos... rsrsrsrsrsrs

E a Alfa Romeo morreu então Corradi ?

Anônimo disse...

Eu falei assim que foi anunciado como piloto da Manor, que o Haryanto não era fraco como todos estavam dizendo.

E fui além.
Dizendo que quem realmente merecia tal rótulo negativo era justamente o Gutierrez.

A temporada está mostrando isso.

Arthur Simoes

Marcos José disse...

Nico Rosberg foi anunciado por mais 2 anos na Mercedes e a Alfa Romeo (talvez como um plano B do Grupo FCA) "poderá" aparecer na Haas em 2017 (não estranhem se os motores Ferrari destinados à Haas forem "batizados" de Alfa Romeo já no ano que vem). Red Bull (Ricciardo-Verstappen), Ferrari (Vettel-Raikkonen) e Mercedes (Hamilton-Rosberg) já fecharam as suas duplas pra 2017...faltando: Williams (Massa ou Button-Bottas ou Lynn), Force India (Hulkenberg-Perez ou Wehrlein), Renault (as duas vagas mais cobiçadas neste momento: Magnussen, Massa ou Perez-Ocon, Bottas, Button ou Nasr), McLaren (Alonso-Vandoorne, Button ou Matsushita), Toro Rosso (Sainz Jr-Kvyat ou Gasly), Haas (Grosjean-Gutierrez, Leclerc ou Nasr), Manor (Wehrlein ou Magnussen-Vandoorne ou Gasly) e Sauber (Ericsson-Nasr, Leclerc ou Gutierrez) definirem as suas duplas de pilotos para 2017...teremos algumas novidades (ou surpresas)?? Só o tempo dirá!!