quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Nebelmeister





















Nurburgring.

1936.

O tempo não estava bom na Alemanha.

A largada se deu em pista molhada.

Estavam todos lá.

As lendas.

Rudolf Caracciola, Stuck, Bernd Rosemeyer e Tazio Nuvolari..

Mais de 300.000 pessoas foram ver seus heróis ao vivo.

Especialista em pisos escorregadios, Caracciola pulou na frente na primeira
volta da prova quando os bólidos passavam pelo Karussell.

Entretanto veio a infelicidade.

Poucas voltas depois o motor de sua Mercedes falhou.

Tazio Nuvolari (com sua Ferrari - Alfa Romeo) tomou a ponta.

As condições foram piorando.

Neblina.

Que foi ficando mais densa a cada volta.

Ninguém via nada direito.

Parecia que tudo conspirava contra Nuvolari.

Pois naquelas circunstâncias, Rosemeyer foi se aproximando.

Em frente ao seu público a Auto Union de Bernd surgiu do nada liderando
a prova.

Delírio da torcida.

E como um raio desapareceu novamente no nevoeiro.

Os pilotos só conseguiam enxergar até 30 metros a sua frente.

Nuvolari ainda tentou acompanhar Rosemeyer.

Fez de tudo.

Impossível.

O piloto alemão não diminuía o ritmo.

E começou a abrir cerca de 30 segundos por volta para o italiano.

Todos ficaram  abismados

Rosemeyer cruzou a linha de chegada com mais de 2 minutos de diferença!

Impressionante.

Uma vitória histórica.

Um assombro de pilotagem em uma situação tão adversa.

O texto pode parecer até exagerado.

Cheio de licenças poéticas.

Ainda bem que existe a prova em vídeo!

9 comentários:

Társio disse...

Grande post! Dos melhores que li por aqui. Green Hell com neblina... coisa facil! Abc. Tarsio

Ituano Voador disse...

Pois é, eram tempos em que, para ser piloto, o sujeito devia passar por um teste de insanidade antes.
Não dá para deixar de comparar com todo o chilique que surge hoje quando começam a cair algumas gotas de chuva na pista...
Abs

Anônimo disse...

Era dourada dos Grand Prix!!

"X ADAC EIFELRENNEN", em 14 de junho de 1936...

As fotos do post não são dessa prova... Rosemeyer correu com o número 18 e Nuvolari com o 4...
==>> http://www.kolumbus.fi/leif.snellman/silver/s36.jpg

Foram 132,8 segundos de vantagem, Corradi!
==>> http://www.kolumbus.fi/leif.snellman/gp363.htm#15


um abraço,
Renato Breder

Anônimo disse...

Ainda, Corradi e demais...

O troféu:
==>> http://images1.bonhams.com/image?src=Images%2Flive%2F2009-07%2F16%2F94364858-13-1.jpg&tmp=web300&top=0.000000&left=0.000000&right=1.000000&bottom=1.000000&dt=zoom_image&format=jpg&autosizefit=0&strip=1&nostats=1&width=488&height=808

Der Nebelmeister:
==>> http://blog.audi.de/wp-content/uploads/Eifel-Rennen-Juni-1936-Wagen-von-Rosemeyer.jpg

Largada (Nuvolari e Rosemeyer lado a lado, à esquerda da foto):
==>> http://blog.audi.de/wp-content/uploads/Eifel-Rennen-Juni-1936-Start.jpg

Outro vídeo. Mostra a ultrapassagem (mais ou menos a 1 minuto do vídeo) e a situação uma volta depois ('Eine Runde später"). A narração está em alemão:
==>> http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=4QnI9IspelU


outro abraço,
Renato Breder

Juanh disse...

Gran época!
Los Auto Unión Type C, ¡bellezas!
Rosemeyer en ese GP de Alemania 1936:
http://juanhracingteam.blogspot.com.ar/2011/12/053-auto-union-type-c.html
Abrazos!

Anônimo disse...

Juanh (e demais),

Em 1936 ocorreram dois 'Grand Prix' em Nürburgring:

1) 14 de junho - Eifelrennen (o do post)
==>> http://www.kolumbus.fi/leif.snellman/gp363.htm#15

Rosemeyer com o 'Auto Union Typ C' #18 e Nuvolari com a 'Alfa Romeo 12C-36' #4.


2) 26 de julho - Grosser Preis von Deutschland
==>> http://www.kolumbus.fi/leif.snellman/gp364.htm#23

Rosemeyer com o 'Auto Union Typ C' #4 e Nuvolari com a 'Alfa Romeo 12C-36' #22.


Em ambos 'Grand Prix', vitórias esmagadoras de Rosemeyer...


outro abraço,
Renato Breder

Ricardo Soares disse...

Sinceramente, ainda acho que Nuvolari "era o cara"; os Auto-Union eram bem superiores aos Alfa-Romeo...e ainda assim, ele fazia "jogo duro" nas corridas da época.... Abraços

Daylson Elder disse...

Ótima história.Isso sim que era piloto.

fabehr disse...

Mercedes e Auto Union estavam mordidas da corrida anterior, aquele show do Tazio.

Mas Rosemeyer era o único q domava os mais de 500 cv do Type C com maestria...
imaginem o carro com V16 e tração traseira + pneus de bicicleta daquela época. Detalhe, sabiam q essa habilidade dele veio dos tempos q era piloto de moto???