domingo, 30 de março de 2014

Rascunho - GP da Malásia

























A Mercedes está brincando com seus adversários.

A vitória de Lewis Hamilton nunca esteve ameaçada.

Ou melhor, apenas um imprevisto tiraria a consagração do inglês na Malásia.

Mesmo se houvesse o ocaso, Nico Rosberg estaria lá para defeder a o time prateado.

Rosberg que, quando precisou, pisou um pouquinho mais forte no acelerador e deixou
Sebastian Vettel rangendo os dentes com a impossibilidade de brigar pela posição.

A Red Bull não possui ainda as armas para enfrentar a Mercedes.

O caminho da aerodinâmica já foi encontrado.

Isso aparece nas curvas, ao olharmos o carro desenhando a parte sinuosa do circuito.

E também no piso molhado, quando as coisas ficam mais equilibradas
(claro, a capacidade de Vettel está na conta).

Adrian Newey vale cada centavo.

Falta a potência ideal.

Que deve vir apenas em Barcelona, segundo a Renault.

A hora agora é de acumular pontos que podem ser importantes lá na frente.

O bólido da Ferrari parece problemático.

O braço de Fernando Alonso compensa muitas deficiências, mas não faz milagres.

Apesar de mais veloz, teve que usar toda a sua destreza para superar Hulkenberg
no final.

Foi estranho ver Kimi Raikkonen, apesar dos problemas, chegar colado atrás da
Lotus de Grosjean.

Até porque houve chance de lutar pela posição.

Falar da Williams?

Uma das deficiências de Felipe Massa está na hora de negociar ultrapassagens.

Cansamos de ver no passado a dupla Alonso / Massa chegar junta em dois ou
três carros mais lentos e testemunhar como os dois cuidavam do problema de
forma diferente.

No final, o espanhol estava sempre 6 ou 7 segundos à frente do brasileiro por ser
mais eficiente neste fundamento.

Na Malásia testemunhamos a dificuldade de Felipe contra Jenson Button.

A Williams estava mais rápida, tanto que chegou na McLaren do inglês.

Ao ficar preso, Massa permitiu a chegada de Valtteri Bottas.

O que criou toda uma situação.

A equipe ficou de mãos atadas.

Alertou Bottas para ser cuidadoso e Massa sobre o companheiro estar mais
rápido.

O finlandês depois de ter perdido três posições no grid de largada estava fazendo
uma bela prova.

Não houve o embate.

Massa continuou na dele.

E Bottas não forçou uma situação, para alívio de Claire e Frank.

No entanto ele ficou aborrecido por achar que podia brigar com a McLaren.

As forças equivalentes na condução começam a criar um atrito em Grove.

Bom para nós que estaremos assistindo o desenrolar dessa história durante a atual
temporada.

Uma maldade.

A Ferrari tem carro de menos para pilotos demais.

E a Williams possui um bom carro para pilotos de menos.

Podiam trocar as peças, não?


22 comentários:

FABRIZIO SALINA disse...

Pois é, a Red Bull já chegou...
A dupla da Williams não impõe medo. Massa é um Perez que deu certo.

TheEltonToptec disse...

Quem pode parar o Hamilton?

O Vettel com motor equivalente sim, Alonso talvez. E a rapa eu acho que não. Mas a realidade é que agora só o Rosberg pode fazer frente. Poderia, mas acho que não dá pra ele. Ontem o alemão falava em ordem de equipe mas acho que se vier a ocorrer não será em seu favor. Nico teve uma performance sólida na Austrália, mas não tinha Hamilton na pista. Hoje tinha e a história foi diferente. Se não houver quebras, acho que será quase sempre assim.

Hamilton rumo ao bi negada.

Salvem Nicolas das equipes médias.

fabehr disse...

Faz sentido msm esse comentário sobre a dificuldade dele ultrapassar. Senão me engano, Massa só ganhou corridas quando largou da pole...

Ron Groo disse...

Agora consigo enxergar a tal superioridade, mas pelo que vejo, até o meio do ano a Red Bull chega junto.

Marcelonso disse...

Corradi,

Foi um corrida sem graça, como no passado recente, onde Vettel passeava aos domingos.


Quanto a Massa, se não melhorar na negociação de ultrapassagens, será engolido por Bottas em breve.


abs

Leonardo disse...

Onde está o foguete da Ferrari ?
pelo amor de deus, todo ano a mesma coisa....

Rubens disse...

Depois dessa corrida, vejo que o Massa vai se dar bem, pois diferente dos outros pilotos sua principal qualidade é poupar o motor. kkk

Gabriel disse...

De novo essa coisa com o Felipe Massa em.Continua aquele 'desafio' veremos ao fim do ano.
Ele não é o Fernando Alonso das ultrapassagens e especular se o cara é fraco na hora de passar pra mim parece leviano,pois é só lembrar que o cara veio de décimo pra sétimo,ok não estou esquecendo do problema do Magnussen.Mas remou demais e no fim tinha pneus piores que Button e Bottas.
Não adianta analisar números friamente,eu sei,mas eles representam alguma coisa sim,eu tenho certeza.
E quando eu digo que parece leviano certas coisas a respeito do Felipe Massa nesse blog aqui vai uma coisa importante.

http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2013/12/numeros-vettel-lidera-60-das-voltas-massa-e-recordista-de-ultrapassagens.html

Mas por favor,continue escrevendo de acordo com o que vc pensa.Se pessoas como eu gostam ou não,isso não interessa.Ao fim do Campeonato a gente vai saber melhor sobre algumas impressões.Abraço Corradi.

Reginaldo Nepomuceno disse...

Eu estava prestes a concordar com vocês, mas lembrei disso:
http://autoetecnica.band.uol.com.br/site/index.php/felipe-massa-o-rei-das-ultrapassagens-em-2013/
Sei que os carros eram outros, mas entre os pilotos não deve ter mudado muita coisa, não acham?

Daniel Chagas disse...

A Mercedes está ainda muito na frente, a Red Bull pode ter se aproximado mas ainda não tem carro para disputar a vitória. Sendo assim, Hamilton e Nico tem que aproveitar até o GP da China para somarem o máximo de pontos possíveis para obterem uma "gordura" pois não se sabe qual Red Bull vai aparecer na Espanha. Já o caso da Williams, o Massa tem mais experiência que Bottas, isso é fato e vai usar isso em favor dele. Passou por situações constrangedoras na Ferrari e sabe como deve se comportar nestas horas para se sobressair na equipe.

Daniel Chagas disse...

Para concluir, em comparação ao ano passado a Williams tem uma dupla muito melhor. Massa pode não ser um piloto fora de série e realmente não é e nunca foi, mas em comparação ao limitado "MALdanado" não se pode comparar. A williams vai ressurgir aos poucos, para uma equipe que até a pouco tempo estava no fundo do poço já está no lucro neste ano. Acho que a partir de 2015 a Mercedes vai dar um tratamento especial para a equipe e os novos integrantes do corpo técnico já vão estar totalmente entrosados dentro da equipe. Aos poucos a Williams chega lá...e dentro das possibilidades da equipe o melhor piloto que tinha disponível era o Hulkenberg. Na minha opinião uma dupla Massa/Hulkenberg seria interessante, melhor que com Bottas.... Pela experiência de anos na Ferrari Massa acaba sendo uma peça fundamental pra a Williams.

marcio gil disse...

O Massa tem dificuldade em pegar o vacuo do carro da frente, talvez o acidente tenha diminuido sua peformance.

Anônimo disse...

ja que o Leonardo falou...

tb queria entender o que rola com a ferrari. li e nao so por aqui, que esse carro seria mesmo arrebatador.

felipe casas

Rafael Vieira disse...

Me cansa é ver a Globo, sendo a detentora de maior audiência da F1 no mundo, não ter cavado o lugar para um piloto melhor. O Massa como dito a mto tempo é um ex-piloto em atividade, um Pedro De La Rosa qualquer.

O rapaz não tem o menor arrojo, não sabe tratar com as adversidades do carro. Uma hora é falta de Grip, outra é o pneu de 2 horas a mais, sempre tem algo jogando contra.

Sempre torci mto pelo rapaz, mas ele causa os problemas pra ele mesmo, vide essa situação com o Button, pq não passou? pq não forçou o cara ao erro? falta aquela coisa que poucos pilotos tem mesmo.

Társio disse...

Curioso que o Ricciardo já entrou no Red Bull Webber's Fail Mode... é incrivel...

E sobre Massa X Bottas, parabéns à direção de corrida da Williams que estragou um ambiente promissor na equipe na 2ª corrida do campeonato por causa de um 7º lugar... Gerou uma rivalidade prematura e desnecessária, que possivelmente só trará prejuízos ao time...

Ascari disse...

Se o Rosberg tivesse ganho teria visto milhões de elogios por aqui, mas quando toma um pau como esse...

Jeferson Araújo Pereira disse...

O que precisa ser analisado nessa corrida- aliás, o principal fato de toda a corrida - é que nunca na história da F1 uma mensagem de rádio foi tão absurda, tão ridícula.Faltou bom senso, faltou educação da equipe Williams.A mensagem foi praticamente idêntica à famosa mensagem de rádio da Ferrari que deixou o Massa traumatizado pro resto da vida.Acho que a Williams precisa de um psicólogo para orientar quem falará no rádio.Note bem: a questão aqui não é discutir se Massa é um piloto bom ou ruim.Na verdade, o que aconteceu foi uma grosseria.

Gabriel disse...

O que me preocupa como Brasileiro são essas avaliações que são feitas ao Felipe Massa.
SEMPRE,TODA VEZ,que se faz uma avaliação ao Massa vocês sempre arredondam isso pra baixo ao máximo.É incrível e chato isso.
Parece que o cara fez algum mal pra nação por não ter sido um Senna ou um Piquet.Aguardem ao fim da temporada e veremos o que vai acontecer.Lógico que ele não vai ser campeão,eu inclusive penso que a Mercedes pode ganhar todas as corridas desse ano.Mas ele tem condições de buscar pódios e quem sabe beliscar umas vitórias.
Piloto competitivo ele é,e nenhum piloto na idade dele perde essa capacidade.Eu lamento demais ter faltado 1 ponto em 2008 porque eu tenho certeza que alguns comentários 'levianos' iam sumir.

Jobson disse...

Caro Corradi,

A Williams tem um histórico em não ser muito boa em domesticar seus pilotos e sempre se prejudicou por isso.

Cito os casos de Carlos Reutemann e Alan Jones, Nelson Piquet e Nigel Mansell, além de Juan Pablo Montoya e Ralf Schumacher.

E ao que parece a história irá se repetir com Valtteri Bottas e Felipe Massa. Não há coitadinhos nesse episódio. O clima na equipe já não será o mesmo.

No início da prova a Williams solicitou ao Bottas para não atacar o Massa que tentava e tentava chegar no Magnussen. O finlandês prontamente atendeu as ordens da equipe.

No fim, Massa não acatou as ordens da equipe e o Bottas mesmo mais rápido nas duas situações teve que ficar atrás!

Cenas dos próximos capítulos....


Abs.

Humberto Corradi disse...

Gabriel

Isso tem a ver com a posição de largada.

http://f1corradi.blogspot.com.br/2013/08/partida.html

Um carro bom que classifica mal tem a tendência de ganhar posições.

Valeu

Humberto Corradi disse...

Vale pro Reginaldo Nepumuceno também!

http://f1corradi.blogspot.com.br/2013/08/partida.html

Humberto Corradi disse...

Gabriel 2

Trato o Massa como um piloto qualquer. Sem implicância, mas dentro de uma realidade.

Ele poderia ter sido campeão, e mesmo assim minha opinião não mudaria assim como não mudou em relação ao Raikkonen e ao Hamilton.

Por que?

Aqui:

http://f1corradi.blogspot.com.br/2013/09/o-segundo-raio.html

Valeu