quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Rascunho Jaune




































Dia especial para a Renault!

Um retorno.

Vamos ao que interessa saber?

Os pilotos tiulares da escuderia francesa serão Kevin Magnussen e Jolyon
Palmer.

Esteban Ocon será o reserva.

Lembrando que Ocon (que derrotou Max Verstappen na GP3) ainda está
vinculado a Mercedes sob contrato.

Carmen Jordá continua responsável pela parte de desenvolvimento.

Ela diz que nesta temporada estará correndo também em outra categoria.

A tal outra categoria que a jovem deverá desembarcar é a Fórmula E.

Quanto aos patrocinadores conseguimos ver as chiques Devialet (acústica)
e a relojoaria francesa Bell & Ross.

Também marcaram presença na carenagem a Jack & Jones (Bestseller),
EMC, Microsoft, Total, Infiniti, Gravity e Genii, as duas últimas da
Genii Capital.

As áreas ocupadas pela PDVSA no ano passado?

Na tampa do motor foi substituída pela Infiniti, porém a asa traseira ficou
sem nada escrito.

Possivelmente sendo negociada ainda com a Total.

Na parte técnica vale destacar a chegada de Bob Bell  que foi uma das
cabeças responsáveis pelo sucesso da Mercedes.

Outra coisa.

O programa de jovens pilotos foi ressuscitado.

A Renault Sport Academy dará apoio nesta temporada as promessas
Oliver Rowland, Jack Aitken, Louis Deletraz e Kevin Jore.

Por enquanto não está claro quem será o responsável por essa parte.

No passado Flavio Briatore iniciou um projeto similar em 2001, o Renault
Driver Development.

Depois do Muro de Cingapura, já sob o comando da Genii, a Lotus repetiu
a ideia com sua Lotus Renault Academy de 2011.

Caçando jovens talentos onde estivesse o dinheiro (China, Brasil...).

Todos os programas anteriores gerenciavam as carreiras dos pilotos.

Algo que poderá ser terceirizado e cair nas mãos de Nicolas Todt.

As cores?

Nada demais.

O carro apresentado é um modelo do ano passado com um bico que não
foi utilizado.

E o amarelo será a cor predominante quando os bólidos alinharem para o
GP da Austrália.

A briga.

Kevin Magnussen esteve com seu novo engenheiro dias atrás.

Houve um forte desentendimento entre os dois.

Tanto que chegaram as vias de fato!

Testemunhas falaram da arrogância do jovem dinamarquês.

Estranho.

Porém já aconteceu um aperto de mãos.

Foi revelado que a Ferrari fez uma proposta para que a Red Bull e Toro
Rosso utilizassem motores da Alfa Romeo.

O plano de Sergio Marchionne era introduzir a tradicional marca italiana
de volta a categoria máxima do automobilismo.

A coisa seria desenvolvida pela própria Scuderia Italiana mas seria diferente
do utilizado por Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen.

Além de ajudar nos custos, a Red Bull poderia opinar na construção.

A história oficial é que o pessoal do energético achou muito caro.

A verdade?

A Red Bull sabe que a Ferrari nunca permitiria que um motor saísse de
Maranelo para bater seus carros vermelhos.

Mais.

Christian Horner não quer dividir com os italianos as descobertas feitas
em Milton Keynes por Mario Illien.

Assim, nada feito!

Max Chilton se move para Indy.

O ex-piloto da F1 comprou sua vaga na Chip Ganassi.

Será companheiro de Scott Dixon, Tony Kanaan e Charlie Kimball.

Honda coloca mais dinheiro na McLaren.

E Ron Dennis concorda em mudar suas cores a pedido dos japoneses.























Vermelho e Branco.

Vamos conferir.

Lembra da história de um outro piloto russo na Fórmula 1?

Pois bem.

A Force India assinou com Nikita Mazepin.

O menino de 16 anos se destaca por ser herdeiro de uma fortuna de
4 bilhões de dólares.

Tava reparando que quem está sem um piloto reserva é a Williams.

Para assumir mesmo, caso aconteça um problema com Bottas ou Massa.

Por fim.

Um conto.

Em 2013 Sebastian Vettel estabeleceu sua base salarial com a Red Bull
para as anos seguintes.

A cada temporada  o time austríaco acrescentaria 4 milhões de euros aos
vencimentos do piloto alemão.

Pelas contas, Vettel chegaria em 2017 ganhando 34 milhões de euros.

Aí chegaram as propostas.

Em abril de 2014 (entre os GPs do Bahrein e China) a Ferrari disse ao
tetra campeão que o queria vestindo vermelho.

Em julho (GPs da Inglaterra e da Alemanha) a McLaren também chama
Sebastian para conversar.

Entre salário e premiações os ganhos chegariam a algo em torno de 50
milhões de euros anuais.

Pra definir.

Ron Dennis quer um líder para receber a Honda.

Entretanto Vettel quer a Ferrari.

Agradece a proposta de Woking e avisa a Red Bull sobre o assédio e que
irá sair.

Mas o piloto quer ser valorizado.

Assim ele mostra para a Ferrari os números da Red Bull e McLaren.

A Scuderia Italiana entende a necessidade, aumenta sua aposta e leva o
contrato para ele assinar no Japão.

Vettel coloca seu nome no papel e vincula seu talento ao time italiano
por três temporadas (2015 - 2016 - 2017).

Entre salário fixo e premiações (vitórias, títulos) ele poderá chegar a
receber algo próximo de 180 milhões de euros nesses três anos.

E nem tem empresário...


















14 comentários:

Jeferson Araujo Pereira disse...

Piloto reserva na Williams: ano passado nós descobrimos que Susie Wolff era uma reserva de mentirinha.Quando o Bottas não correu (não lembro em qual GP) ela não foi pra pista.Achei ridículo: a equipe poderia pontuar (não com Susie, mas com um piloto reserva de verdade).E foi estranho: Frank Williams é tão pão duro!! Não entendo como ele perdeu essa oportunidade de ganhar mais um ponto que, todos sabem, vale dinheiro.

Paulo Alexandre Teixeira disse...

Jordá na Formula e? Só se for para ver os carros a passar, pois o Buemi e o Prost estão lá de pedra e cal... só se alguma corrida colidir com os compromissos na WEC, é a única explicação.

@DiGomes_12 disse...

Na real o Ocon venceu o Verstappen na Formula 3 (FIA F3 - Temporada 2014).

Jeferson Araujo Pereira disse...

Sobre as cores do Renault RS 16: achei horrível.O preto é a cor da Lotus, e a Lotus já era.Portanto, foi bom saber que os carros que estarão na primeira corrida de 2016 serão amarelos.

Clube do Fusca de Áurea disse...

A Ferrari fez uma bela troca!
Alonso não tem mais a mesma motivação.
Vettel é brilhante!

Júlio disse...

Vettel é mesmo um gênio. Se ele fosse presidente do Brasil não estaríamos em crise.

Renato Santos disse...

Esse blog é um luxo. Em nenhum lugar eu encontro informação tão quente e de cocheira. Os outros, de quente e de cocheira, só tem o cocô do cavalo...

Moises disse...

Entao Alonso foi uma segunda opcao tanto de ferrari quanto mclaren?

David Félix Krapp disse...

Fala Corradi...

Por partes...

Achei legal e estranho o carro da Renault... legal por apresentarem algo tão cedo... estranho por que parecia um carro de GP2...

Magnussen saindo na mão com engenheiro... mas já...?? Em dois sentidos, ele tem muito a aprender ainda e a temporada nem começou direito...

Bob Bell é muito fera, sempre fez bons trabalhos por onde passou...

O papo da Alfa Romeo... a verdade é que o Marchione e a Ferrari quer ter uma equipe satélite (quem não gostaria de ter RBR e Newey de gratis ?) mas não quer arcar com os custos, faz sentido, mas ele não é o único esperto do planeta, existem outros... rsrsrsrs... como por exemplo o Horner que viu as intenções da Ferrari... que não acho erradas, mas eles estão pedindo demais... enfim, cada um cuida do seu né... ou alguém acha que a Ferrari tá pagando algo pra Haas em papel moeda ? É engenhiro, mecacnico, expertise, desconto nos motores e olhe lá...

A Honda pedindo pra mudar as cores e pagando por isso é um modo bem simples de dizer... não repitam a pintura horrenda do ano passado, se falta grana pra tinta a gente paga !!! rsrsrsrsrsrs

Force India de olho no bilionário mercado de herdeiros... rsrsrsrs... e eu pensei que o Stroll já tivesse assinado como terceiro piloto da Williams, aliás, depois da pintura da McLaren a coisa mais ridícula da temporada passada foi a Williams preferir alinhar apenas um carro ao invés de deixar a "reserva" Wolff pilotar... ficou muito feio e inexplicável... ou não, simplesmente ficou extremamente claro que ela estava ali pelo maridão e não por talento... bem ficou feio de qualquer anglo... rsrsrsrs

Vettel escolhendo a Ferrari ao invés da McLaren... faz sentido, acho que ele pensou em todo o trabalho que ia dar arrumar a casa lá em Woking ainda mais sob o comando do Boullier, na Ferrari teria trabalho, mas não tanto, e a grana ele sabia que poderia ser igualada...

Alonso segunda opção ? Imagina um alto executivo que assume uma empresa que disputa o topo do mercado, 3 anos se passam e a empresa não está mais nem entres as tres primeiras... meio fácil definir quem tem a maior parcela de culpa... eu ainda acho que a McLaren cometeu um erro chamando ele, era melhor empurrar esse caminhão de dinheiro pra alguém que queira trabalhar como Ricciardo ou Bottas...

Alonso já era ? Não... perdeu a mão ? Um pouco... mas está extremamente desmotivado, seria melhor até pra ele mesmo tirar um ano sabático pra saber se é isso mesmo que ele quer fazer...

E Vettel negociando os próprios contratos ? Honestamente, acho que é esperto demais esse menino... ele tá certo... tem que se dar o braço a torcer... o cara tem a vida privada extremamente reservada, não tem um bilhão de acessores ao seu redor por que tem maturidade pra tomar as próprias decisões, um bom advogado, um contador de confiança... pronto, pra que empresario quando se tem talento e inteligencia ?

Mauricio Victor disse...

Certo está o Vettel, assim fica com o dinheiro todo pra ele! Afinal o talento também é todo dele!

Tiago disse...

Po**a Corradi, vc é fo*a!

A Renault tá pavimentando o caminho pra vitórias de verdade. Mas a perda do Grosjean ainda nao foi atingida, essa dupla à la Toro Rosso vai ser meio duro de aturar.

Espero que fiquem com a cor preta, muito mais bonito que as chaleiras tradicionais. Dá a impressao que a saida da PDVSA foi repentina até pra mudar o layout.


E a Honda, vai ou já foi?

Marcos José disse...

Sergio Marchionne é muito "esperto"!! A Red Bull percebeu que tinha uma "malandragem" por trás desta proposta do Marchionne (os "segredos" que o Mario Illen descobriu na sede da equipe austriaca, seriam repassados a Ferrari sem a equipe "taurina" saber); Dietrich Mateschitz sabendo que levaria a pior neste negócio (e pagando muito caro por causa disto) disse um "não, muito obrigado"!! A Renault, na apresentação do RS16 em Paris, não escondeu de ninguém que quer o Alonso de volta (acho que o espanhol não fica pra 2017 na McLaren, mesmo com a "melhora" da "UP" da Honda e aí bem...Stoffel Vandoorne já está na fila mas...acredito que tanto Bottas e talvez até mesmo o Rosberg sejam as grandes surpresas para a equipe inglesa pra 2017). "Dizem" que com a ida de Kevin Magnussen pra Renault, Pascal Werhlein "ressurgiu das cinzas" e poderá se anunciado como piloto da Manor (o acordo já estaria em 85% para se concretizado, só faltando a assinatura do contrato entre as partes) porque a Mercedes aceitou um "desconto" proposto pela equipe inglesa para o pagamento das "UPs" da marca alemã para "fecharem o negócio" e que envolveria o piloto alemão (que ficaria com a vaga de piloto titular) na Manor. A Haas só ouvirá a sua "UP" da Ferrari pela primeira vez no dia 15 de Fevereiro...e pra terminar...depois dos testes de pneus de chuva da Pirelli em Paul Ricard (e também do retorno da equipe Renault), os dirigentes franceses "querem" e "desejam" o retorno do GP francês na F1 (talvez em forma de "rodizio" com algum outro GP europeu como por exemplo, o GP alemão)!!

Anônimo disse...

A questão do Bottas machucado ano passado foi que ficaram esperando ele receber alta para a corrida e que não foi dada. Ele tinha inclusive se classificado em 6º. Pois se a Susie sequer treinou, não iam permitir largar mesmo...
Quando não saiu o acordo da Ferrari com a Red Bull, foi falado pela própria Ferrari que seria um "desafio de engenharia". Imagino que a ideia também seria fazer dois desenvolvimentos paralelos, um para cada marca, e ir agrupando o conhecimento conforme o caso. Com os outros pagando ia ser fácil...

Cristiano

fabehr disse...

Magnussen, q marra hein?
com esse chassis de grilo, não deve aguentar 5 min de trocação
kkk